Recuperar Senha
Fechar
Entrar
mundial cubo magico
Recorde de montagem é de 4.59 segundos, do sul-coreano SeungBeom Cho.
Foto: Pavel Sukhorukov / Red Bull Content Pool
Enviar por e-mail
Imprimir
Daniel Ottoni | @superfc
17/05/18 - 11h07

Rapidez de raciocínio e precisão farão a diferença para os participantes do Red Bull Rubik’s Cube World Championship, campeonato mundial de cubo mágico. Entre os que desafiarão o tempo para chegar no lugar mais longe possível, está o mineiro Pedro Roque, de 23 anos, estudante de Engenharia Elétrica no CEFET, natural de Belo Horizonte. 

O torneio está em sua primeira edição e a seletiva nacional, que valerá apenas uma vaga para a final mundial, em Boston (EUA), acontece neste sábado em São Paulo. Um total de 64 participantes, entre eles 12 mulheres, estará presente para mostrar porque o Brasil é o país com o quarto maior número de praticantes da modalidade. 

"Aprendi a resolver o cubo mágico em 2009, após assistir o filme A Procura da Felicidade, no qual o ator Will Smith resolve o cubo durante uma das cenas do filme. Minha modalidade favorita é o 4x4, na qual sou recordista sulamericano. Já participei de 26 competições, sendo a primeira em 2012, da World Cube Association. Entre as competições, a mais marcante foi o mundial de 2015, no qual fiquei em 2º lugar na categoria 4x4", conta Pedro.

Quatro categorias estarão em disputa: Speed Cubing Misto e Feminino (quem resolve o cubo em menor tempo); Fastest Hand (quem resolve o cubo primeiro utilizando apenas uma mão); e Re-Scramble (os participantes terão que embaralhar um cubo de acordo com um modelo que será apresentado no momento). As disputas serão todas no formato um contra um.

"O Re-scramble é uma modalidade nova, a estreia dela em competições será no Red Bull Rubik’s Cube World Championship. Ela requer mais imaginação e muita concentração, já que o jogador precisa imaginar a peça errada como sendo a certa. Quem joga cubo mágico de olhos vendados pode ter vantagens na hora da disputa”, explica Fabio Seiji, curador do evento e diretor da Associação Brasileira de Cubo Mágico.

Atualmente, o recorde mundial é de 4.59 segundos, alcançado pelo sul-coreano SeungBeom Cho. O Rubik’s Cube foi inventado pelo professor húngaro Erno Rubik em 1974 e, de lá pra cá, se tornou o “quebra-cabeça” mais vendido do mundo. 

avatar
Li e aceito os termos de utilização
Cadastre-se para poder comentar
Fechar

Quebra-cabeça

Mineiro entre os candidatos para chegar à final do Mundial de Cubo Mágico
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório