AFP
@SUPER_FC
22/05/15
11h44

PUNIÇÃO

Presidente do futebol amador italiano é destituído por homofobia

Felice Belloli deu declarações homofóbicas sobre o futebol feminino local e por isso perdeu o cargo

Belloli negou ter dito qualquer declaração homofóbica sobre o tema — Foto: Reprodução/ Twitter
AFP | @SUPER_FC
22/05/15 - 11h44

O presidente da Liga italiana de futebol amador, Felice Belloli, foi destituído por unanimidade nesta quinta-feira, depois de declarações homofóbicas em relação ao futebol feminino.

Belloli perdeu o cargo após reunião do conselho de futebol amador, explicou a Federação Italiana de Futebol (FIGC).

O dirigente foi acusado de ter dito em 5 de março, durante uma reunião do conselho que supervisiona o futebol feminino, que "chega, não podemos sempre falar em ceder diante de quatro lésbicas".

Belloli nega ter pronunciado esta declaração e não quis entregar o cargo.

A estrela da seleção italiana Patrizia Panico condenou "as palavras sexistas, machistas e ignorantes".

"Queremos ser julgadas pelo que fazemos em campo, não por nossa orientação sexual", completou.

O presidente da FIGC, Carlo Tavecchio, que comandou o futebol amador italiano antes de ocupar o cargo atual, condenou as declarações do sucessor.

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000