Franco Malheiro
Siga pelo twitter @otempo
09/12/18
08h57

Volta Internacional

Quenianos vencem categorias masculina e feminina da Volta da Pampulha

A prova que durou cerca de 1h teve como vencedor na categoria masculina o queniano Nicolas Kosgei e na prova feminina a também queniana Sharon Arush

Pódio — Foto: Fred Magno
Franco Malheiro | Siga pelo twitter @otempo
09/12/18 - 08h57

A forte chuva que atingiu Belo Horizonte na última semana, causando prejuízos pela cidade, deu uma trégua e sob um clima ameno, aconteceu, neste domingo (9), a XX Volta Internacional da Pampulha, que reuniu 18.000 atletas entre profissionais e amadores no intuito de completarem o trajeto de 18km. Os primeiros colocados chegaram com cerca de 1h de prova que teve como vencedor na categoria masculina o queniano Nicolas Kosgei, com o tempo de 00:55:09 e na prova feminina a também queniana Sharon Arusho, que terminou a volta com 01:05:11.  

O percurso deste ano foi modificado e aumentado em 600m, além de um aclive na reta final, o que tornou a prova mais difícil aumentando o tempo dos atletas. 

Os melhores resultados brasileiros, no pelotão de elite,  ficaram para o atleta do Cruzeiro, Gilmar Silvestre Lopes que ficou com a terceira colocação e a atleta paulistana Jenifer do Nascimento, que chegou em quarto na prova feminina.  

 Lopes, que chegou a liderar a corrida e no ano passado obteve a segunda colocação, avaliou a prova e seu desempenho como positivos.

“É uma prova difícil, com muitas curvas, mas foi positivo minha colocação, dentro do que a gente vem treinando. Uma hora tentei abrir do Quenianos, mas não deu, bola pra frente. E agora, deu para ter uma prova e uma preparação para a São Silvestre”, afirmou o atleta.  

O podium masculino ficou : Nicolas Kosgei com o tempo de 00:55:09; Nicholas Keter, e em seguida, Gilmar Silvestre.  

Jenifer do Nascimento, que estreou na prova este ano, também avaliou bem o resultado. Atleta terminou o trajeto com o tempo de 01:05:37.

“Estou estreando nos 18km e foi um excelente resultado. Bom fruto de tudo que venho treinando”, considerou a atleta. O podium feminino foi formado por Sharon Arusho, 01:05:11; Emily Chebet, 01:05:17 e Janet Masai com 01:05:28.

Dentre os atletas com deficiência, o paulista de Presidente Prudente, Leonardo de Melo ficou com a primeira colocação.

“A subida final foi a mais difícil. Ontem eu vim cá para estudar a prova, mas hoje, no final foi só com incentivo da galera mesmo”, afirmou Melo, que há 3 anos é atleta de alto rendimento e esse ano foi seu primeiro na Volta Internacional da Pampulha.

Amador  

Há um ano Emiliana Fonseca, 37, deixou de correr para tratar de um câncer, que foi curado. Este ano,  a atleta amadora criou o projeto De Volta na Volta para reestrear na XX Volta Internacional da Pampulha, completando a quinta edição que Emiliana participa. Com o tempo de 02:10:00, ela terminou a prova. “Estou aqui, depois de 10 meses , estou aqui, voltei a correr. E o sentimento é de superação, de que estou viva e que eu posso correr muito mais”, exclamou Emiliana.

Outra história de superação foi a do metalúrgico, Edmar Silva, 57, que depois de curar de uma doença grave, resolveu correr a prova de uma forma diferente. “Eu sempre corro de frente né, como queria me desafiar para provar minha superação, fiz o percurso todo de costas”, conta o metalúrgico que terminou a prova em 02:18:00.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000