Estadão Conteúdo
@superfcoficial
20/09/19
12h59

Goleador rubro-negro

Após convocação, Tite exalta amadurecimento de Gabigol

Treinador destacou o crescimento gradativo do atleta 23 anos, que já vinha tendo o seu desempenho acompanhado de perto desde o início da temporada

Equipe do técnico Tite fará dois amistosos contra times africanos em Cingapura — Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Estadão Conteúdo | @superfcoficial
20/09/19 - 12h59

Depois de anunciar nesta sexta-feira a lista de 23 convocados para defender a seleção brasileira para os amistosos contra Senegal e Nigéria, respectivamente nos dias 10 e 13 de outubro, em Cingapura, o técnico Tite justificou a presença de alguns jogadores chamados. E o nome mais comentado pelo treinador foi o do atacante Gabriel Barbosa, do Flamengo, atual artilheiro do Brasileirão, com 16 gols, e que teve o seu amadurecimento como jogador e o "orgulho" manifestado de defender a equipe nacional exaltados pelo comandante na entrevista coletiva que concedeu na sede da CBF, no Rio.

E Tite destacou o crescimento gradativo do atleta 23 anos, que já vinha tendo o seu desempenho acompanhado de perto pelo técnico desde o início desta temporada. "A campanha neste ano todo o credenciou (para ser convocado)... Estávamos vendo nas categorias de base o quanto o atleta vai crescendo, amadurecendo e se aperfeiçoando. O quanto isso é importante no aspecto maturidade. É o aspecto momento para o Gabriel agora", ressaltou

O treinador da seleção lembrou do desejo do goleador rubro-negro de defender o Brasil após ser questionado sobre os motivos para desta vez convocar dois jogadores do Flamengo, diferentemente do que fez no mês passado, quando chamou apenas o atacante Bruno Henrique como integrante do atual líder do Campeonato Brasileiro para os amistosos que a seleção fez contra Colômbia e Peru, nos Estados Unidos.

"É desafiador ter bom senso. Eu procuro na minha vida profissional olhar os diferentes lados das situações para que todos possam ganhar. Nesse momento está a seleção, estão clubes e estão atletas. O presidente (flamenguista Rodolfo) Landim nos conhece muito bem, conhece o trabalho e nos acompanha. E sabe o quanto que a gente tem de cuidado quanto isso. Conciliar todos os fatores nesse ganha-ganha não dá, é impossível. Eu vi a manifestação do Gabriel Barbosa de quanto teria de orgulho estar na seleção brasileira. Agora é o período de preparação, agora vai chegar período de Eliminatórias, Copa do Mundo e Copa América. Para formar essa equipe final, tenho que oportunizar", respondeu Tite.

Já ao justificar a presença de Rodrigo Caio na lista de convocados, o técnico ponderou que o defensor está "retomando um padrão altíssimo que teve na seleção brasileira" e por isso voltou a ser chamado. Ele não havia sido incluído no grupo de escolhidos para atuar nos últimos amistosos em solo norte-americano, mas agora marcou presença na lista de zagueiros ao lado de Marquinhos e Thiago Silva, ambos do Paris Saint-Germain, e Éder Militão, do Real Madrid, que também irão para Cingapura encarar senegaleses e nigerianos nestes dois próximos desafios do Brasil.

OUTRAS NOVIDADES - O lateral-esquerdo Renan Lodi, ex-Athletico-PR e hoje no Atlético de Madrid, e o meio-campista gremista Matheus Henrique, no Grêmio, foram outras duas novidades na lista anunciada nesta sexta por Tite, que também descreveu algumas das qualidades destes dois atletas.

"Lodi é um atleta jovem que estamos acompanhando no Atlético de Madrid, tem virtudes técnicas e físicas de grandes atletas. O Matheus está dentro de uma linha que gostamos muito, é um articulador, capacidade de passe muito grande, é móvel", analisou.

O goleiro Santos, do Athletico-PR, outro novo nome convocado por Tite, foi citado de forma mais breve pelo comandante, que elogiou a qualidade do atleta para jogar com a bolas nos pés. Entretanto, indiretamente, ele acabou "justificando" a presença do jogador na lista ao lembrar que o time paranaense alcançou um grande feito ao conquistar o título da Copa do Brasil, garantido na última quarta-feira com uma vitória por 2 a 1 sobre o Inter, no Beira-Rio.

"Quero fazer uma menção ao Athletico e ao Internacional porque sabemos o quanto é difícil chegar numa final de Copa do Brasil, o quanto é difícil ser campeão no Brasil. Fizeram uma grande festa", enalteceu Tite.

 

 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000