Daniel Ottoni
@dottoni
27/11/21
05h10

Novas referências

Sada Cruzeiro pega o lanterna em Betim para se acostumar à casa do Mundial

Jogo deste sábado pode marcar volta do time à liderança e acontece em ginásio que exige adaptação do elenco antes do maior compromisso da temporada

Sada Cruzeiro conta com tropeço do Minas para estar de novo no lugar mais alto da tabela — Foto: Agência I7 - Sada Cruzeiro
Daniel Ottoni | @dottoni
27/11/21 - 05h10

A proximidade do Mundial de clubes faz o Sada Cruzeiro já pensar em estratégias para chegar bem no maior compromisso da temporada. Neste sábado, às 18h45, o time celeste encara o lanterna Goiás (GO) pela 7ª rodada da Superliga masculina de vôlei em nova casa.

Ao invés do ginásio do Riacho, em Contagem, a partida será no ginásio Divino Braga, em Betim, que vai receber o Mundial, marcado para acontecer entre os dias 7 e 11 de dezembro. 

A ideia é acelerar o processo de adaptação do elenco ao novo local, para que todos os jogadores possam já pegar as referências do ginásio, tendo esta como uma das vantagens de ser anfitrião. A apenas um ponto do líder Fiat Gerdau Minas, o Cruzeiro nem pensa em tropeço para seguir na caça do rival, que também joga neste sábado.

Às 21h, o time da Rua da Bahia encara o Sesi (SP) fora de casa, com os dois jogos tendo transmissão do Sportv. Uma derrota do Minas pode ajudar o Cruzeiro a retomar a liderança, que ficou pelo caminho depois da derrota para o mesmo Sesi (SP), terceiro colocado, em casa, no último sábado. 

"Este resultado nos deu muito aprendizado para saber tudo o que temos que melhorar como equipe. Esses ensinamentos serão importantes para toda a temporada. É o momento para recuperar a confiança e continuar somando pontos. O mais importante é manter o nosso ritmo", comenta o ponta cubano López, que tem sido o maior destaque ofensivo do time até aqui. 

Ao Goiás, resta entrar como franco atirador e tentar incomodar a Raposa. Ainda sem vencer na temporada, o time se apega ao fato de ter melhorado seu rendimento nas últimas rodadas. 

"Enfrentar um time do nível do Sada nos coloca como uma grande prova, será um embate muito difícil. Se jogarmos de forma inteligente, podemos fazer uma grande partida e a vitória será uma consequência. Existe uma pressão não só pelas seis derrotas seguidas, mas por jogar bem. Estes resultados nos incomodam e sabemos que só o trabalho vai nos tirar desta situação. Temos que fazer um jogo firme e concentrado. Estamos nos entrosando e mostrando mais qualidade em fundamentos que são essenciais, como recepção e ataque, mas seguimos longe do que busco para o elenco", comenta o técnico Marcos Henrique do Nascimento, o Marcão. 

 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000