Daniel Ottoni
@dottoni
03/12/20
22h50

3 a 0

Sada Cruzeiro supera Blumenau com propriedade para seguir no encalço do Taubaté

Equipe celeste aproveitou falta de ritmo do adversário, recentemente contaminado com surto de Covid-19, para impor seu ritmo de jogo e vencer em sets diretos

Rodriguinho voltou a ganhar oportunidade como titular — Foto: Agência I7 - Sada Cruzeiro
Daniel Ottoni | @dottoni
03/12/20 - 22h50

O Sada Cruzeiro não perdeu a chance de somar três pontos no jogo atrasado que tinha dentro da Superliga masculina de vôlei. Nesta quinta-feira, jogando no ginásio do Riacho, em Contagem, o time celestou passou pelo Apan Eleva Blumenau por 3 a 0 (25/19, 25/16 e 25/20) em duelo da 6ª rodada. Com o resultado, os celestes voltam a encostar no líder EMS Taubaté Funvic (SP), com a diferença sendo de dois pontos.

Os paulistas jogam nesta sexta-feira contra o Sesi, enquanto o Cruzeiro volta a jogar domingo, às 21h30, em casa, contra o Azulim Gabarito Uberlândia. 

O time da casa voltou a ter a presença do ponta Rodriguinho no lugar do argentino Facundo Conte. O hermano, com incômodo no joelho, foi preservado e viu seu substituto fazer grande partida para acirrar a disputa pela posição de titular. Nas viradas de bola e no saque, Rodriguinho mostrou eficiência, deixando claro para o técnico Marcelo Mendez que está pronto para entrar bem em qualquer momento. O jogador saiu de quadra com o troféu Viva Vôlei. 

O cubano López voltou a ser destaque no time celeste com alto aproveitamento ofensivo, despejando muita potência na quadra adversária. Os três jogos a menos na tabela, depois de surto de Covid-19 no seu elenco, fez o Blumenau atuar abaixo do que pode, cometendo muitos erros e dando pontos de graça para os celestes, que agradeceram para fechar o duelo em sets diretos. 

O começo do jogo teve o Blumenau encarando de frente e conseguindo trocar pontos. A dificuldade de Alan nas viradas de bola fez Mendez colocar Oppenkoski, de apenas 20 anos, em quadra. O jovem oposto logo correspondeu para dar sua dose de contribuição na vitória na primeira parcial. O empate esteve presente até os 13 pontos, quando Rodriguinho teve boa passagem pelo saque para fazer seu time abrir vantagem. 

Os erros do Blumenau foram ainda maiores no segundo set, fazendo o Cruzeiro abrir larga vantagem nos 9 a 2 e 12 a 3. A virada de bola da Raposa seguiu afiada para não dar chances ao adversário e o 2 a 0 logo ser confirmado. 

No terceiro set, o saque cruzeirense seguiu entrando firme para quebrar a recepção sulista. Com os contra-ataques em dia, o time da casa se manteve à frente a todo momento, tendo diferença tranquila para não ser surpreendido e somar mais três pontos. 

ESCALAÇÕES

Sada Cruzeiro: Cachopa, Alan, Cledenílson, Otávio, Rodriguinho, López e Lukinha. Entraram: Oppenkoski. Técnico: Marcelo Mendez

Blumenau: Evandro, Franco, Deivid, Ialisson, Fábio, Rafael e Filipinho. Entraram: Lucas, Pato, Jamelão, Gabriel, Cesinha. Técnico: André Donega

 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000