Recuperar Senha
Fechar
Entrar

LUTO

Morre PM baleado na cabeça ao tentar impedir assalto em Santa Luzia

Anderson Heráclito Gaspardine foi atingido na porta de casa ao proteger a cunhada

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PM
PUBLICADO EM 09/01/17 - 22h45

Morreu na noite desta segunda-feira (9) o cabo da Polícia Militar (PM) Anderson Heráclito Gaspardine, de 43 anos, que estava internado desde a última terça no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. O policial foi baleado na cabeça na porta de sua residência, em Santa Luzia, na região metropolitana, ao tentar defender a cunhada de um assalto.

A informação sobre a morte do policial foi confirmada por militares do 35º Batalhão, onde o policial estava lotado. Nas redes sociais, parentes, amigos e colegas do cabo Heráclito, como era conhecido, lamentaram a morte.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a cunhada do policial contou que chegou à casa da vítima, localizada no bairro Cristina, acompanhada de duas irmãs, sendo que uma delas era a companheira do militar.

Enquanto a motorista trancava o veículo, as outras mulheres entraram no imóvel. Nesse momento, dois suspeitos se aproximaram e anunciaram o assalto. Quase ao mesmo tempo, o cabo foi até o portão para receber as visitas. Ao perceber a ação dos criminosos, ele entrou e buscou sua arma.

Ao retornar, a vítima se identificou como policial e ordenou que os ladrões deitassem no chão, o que não foi atendido. Um dos bandidos atirou contra o militar, que já caiu inconsciente. O cabo foi levado por vizinhos à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro São Benedito e, posteriormente, transferido para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII, onde deu entrada com o projétil alojado na cabeça. 

Ainda conforme a cunhada, depois do disparo, a dupla fugiu em uma motocicleta. Durante rastreamento, um suspeito de 20 anos foi localizado, negou o crime e disse que apenas estava passeando com um amigo de moto. No entanto, ele foi reconhecido pela mulher e conduzido à delegacia de plantão para prestar esclarecimentos. (Com Carolina Caetano)

O que achou deste artigo?
Fechar

LUTO

Morre PM baleado na cabeça ao tentar impedir assalto em Santa Luzia
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (4)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter