Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Centro-Oeste de Minas

Usuário é morto após se recusar a dividir droga em Cláudio

Um suspeito, de 26 anos, de participação no crime foi preso, mas o autor do homicídio, de 20 anos, continua foragido

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 17/04/17 - 15h46

Um homem de 34 anos foi morto com uma facada no pescoço, em Cláudio, no Centro-Oeste de Minas, na madrugada deste domingo (16), após se recusar a dar drogas a um jovem. Um suspeito, de 26 anos, de participação no crime foi preso, mas o autor do homicídio, de 20 anos, continua foragido.

De acordo com o boletim de ocorrência, o crime ocorreu na Rua São Jorge, no Bairro Bela Vista, ás 04h15. Testemunhas relataram à Polícia Militar (PM) que Juliano Santos Raimundo, 34, estava usando cocaína na calçada em frente a uma casa de baile onde teria ido mais cedo, quando o suspeito A.C.S, 20 anos, aproximou em um Gol e solicitou que Juliano o oferecesse um pouco de cocaína.

A vítima se recusou a entregar o material e o jovem jogou o veículo para cima da vítima dizendo que voltaria mais tarde. Segundo testemunhas, o suspeito voltou depois com uma faca nas mãos e deu um golpe de faca no pescoço Juliano. A vítima foi socorrido por populares, mas morreu ainda no local.

O autor do crime saiu correndo, mas um outro jovem, R.B.B, de 26 anos, pegou o veículo utilizado pelo suspeito e foi encontrado mais tarde na casa do autor do crime. Em depoimento à polícia, o jovem, 26, entrou em contradição sobre o fato,  foi preso e conduzido à Delegacia de Divinópolis.

Tanto a vítima quanto o principal suspeito são conhecidos por tráfico de drogas na região segundo a PM. 

O que achou deste artigo?
Fechar

Centro-Oeste de Minas

Usuário é morto após se recusar a dividir droga em Cláudio
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter