Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Usuários

Fim de semana de grandes expectativas na Netflix

Empresa de streaming afirma que pode chegar a 100 milhões de assinantes nos próximos dias

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
1
Produções. “Narcos” é uma das séries originais da Netflix que levou a empresa a outros mercados
PUBLICADO EM 19/04/17 - 03h00

SÃO PAULO. O crescimento do número de assinantes da Netflix no primeiro trimestre ficou abaixo da expectativa da empresa e decepcionou investidores.

O resultado, porém, mostrou que o avanço da empresa vem especialmente de fora dos Estados Unidos. Hoje, quase metade dos seus usuários está em outros mercados que não o norte-americano, origem da companhia.

No fim de março, a empresa tinha 50,9 milhões de usuários nos Estados Unidos e 47,9 milhões no mercado internacional. Um ano antes, a diferença era muito maior: 47 milhões de usuários norte-americanos e 34,5 milhões de fora dos EUA.

O resultado do primeiro trimestre deste ano foi menor do que o esperado pela empresa, que apostava que fecharia março com 100 milhões de assinantes. Agora, ela diz que essa marca será atingida neste fim de semana. A declaração conseguiu impulsionar as ações do serviço de streaming após o fechamento dos mercados.

O crescimento internacional faz parte da aposta da empresa, que no início do ano passado levou suas séries (como “House of Cards”, “Narcos” e “Grace and Frankie”) para 130 novos países – ela atua agora em 190 mercados.

“Nós temos um alto nível de satisfação e estamos crescendo rapidamente na América Latina, na Europa e na América do Norte”, afirmou a empresa, em comunicado.

Essa expansão do mercado internacional, porém, não foi seguida pelo mesmo avanço na receita da

Netflix. Cerca de 60% do seu faturamento (ou US$ 1,5 bilhão) ainda vem do mercado norte-americano.
Isso acontece porque a assinatura nos EUA costuma ser mais cara que em outros países. No Brasil, por exemplo, o plano padrão custa R$ 22,90 ao mês – um norte-americano pagaria R$ 31 pela mesma opção.

A Netflix teve lucro de US$ 178 milhões no primeiro trimestre, ante US$ 28 milhões em igual período de 2016.

O que achou deste artigo?
Fechar

Usuários

Fim de semana de grandes expectativas na Netflix
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter