Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Dicas

O que fazer para seu pet não passar calor no verão

Animais como cães e gatos não possuem glândulas de suor e não contam com mecanismos para aliviar o calor

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Confira algumas dicas para ajudar seu animal a suportar o calor
Confira algumas dicas para ajudar seu animal a suportar o calor
PUBLICADO EM 12/01/15 - 11h14

Com o aumento da temperatura no verão, fazemos de tudo para aliviar o calor e deixar o clima mais agradável: bebemos bastante água e outros líquidos gelados, mergulhamos na piscina, tomamos banho e optamos por roupas mais leves e frescas. Para nós, humanos, é fácil controlar a sensação de calor, mas você já imaginou como é para o seu animalzinho de estimação?

Além de terem uma camada de pelos em volta da pele, animais como cães e gatos também não possuem glândulas de suor, ou seja, não contam com esse mecanismo para aliviar o calor. A única maneira de se refrescarem é abrir a boca e ficar ofegante para que o ar gelado entre e refresque o corpo. Por isso, que tal dar uma ajuda ao seu melhor amigo e criar um clima mais agradável para ele?

Sempre troque a água várias vezes ao dia
Sempre deixe água fresca e, se possível, resfriada (não gelada!) ao alcance do seu pet e vá trocando periodicamente durante o dia para evitar que ela esquente muito. Alguns animais, como os cachorros, molham as patas e as orelhas no pote para aliviar o calor e não há problema algum nisso, apenas certifique-se que não falte água para ele beber.

Evite passear nos horários mais quentes
Se o seu animalzinho está acostumado a passear na rua todos os dias, evite sair com ele nos horários mais quentes do dia e prefira os momentos em que o sol está mais ameno, como no começo da manhã e no final da tarde. Lembre-se que, além do calor estar mais forte, seu amiguinho também poderá queimar a patinha no asfalto. Outra dica é preferir, caso seja preciso, focinheiras com aberturas para que o o ar ventile na boca do cão e ele possa se refrescar.

Cuidado redobrado com a comida
No calor, é normal que o animal coma menos, pois isso ajuda a manter a sensação de frescor. Por isso, para não atrapalhar a dieta do seu pet, ofereça as refeições mais pesadas nos horários de calor mais ameno, como no começo da manhã e no final da tarde. Entre esses horários, opte por comidinhas mais leves e saborosas, como biscoitinhos de lanche, e mantenha disponível sempre uma boa ração para suprir as necessidades do seu animal.

Outro cuidado a ser tomado com o armazenamento da ração. O verão costuma ser uma época bastante úmida e de temperaturas muito altas, o que deixa a comida mais suscetível a mofos. Por conta disso, armazene a ração em um pote vedado e deixe-a sempre em um local seco e fresco, protegido do sol.

Mantenha a tosa em dia
Nessas épocas de temperaturas elevadas, muitas raças de pelo mais comprido sofrem com o calor, pois é como se estivessem vestindo um casaco em pleno verão. Nesses casos, a solução é tosar o máximo possível para que seu animalzinho consiga aliviar o calor deitando no chão frio, por exemplo. Não se esqueça que, nesse momento, o que mais vale é o bem estar do seu melhor amigo, e não a beleza. Para raças em que a tosa não é indicada, é importante deixar o pet sempre em locais com grande ventilação. Se você deixa seu bichinho o dia todo dentro de casa, deixar um ventilador circulando no ambiente pode ser uma boa opção.

Atenção para os locais das gaiolas e casinhas
Por mais que a casinha do pet seja protegida do sol, evite deixá-la exposta para que a temperatura no interior não aumente e o local não fique abafado. Opte por deixar as gaiolas - de aves ou de pequenos roedores - e as casinhas de cachorro em um lugar com sombra e que bata bastante vento.

O verão é uma época muito gostosa para todos nós, por isso, garanta que seja uma estação agradável também para o seu melhor amigo!
 

O que achou deste artigo?
Fechar

Dicas

O que fazer para seu pet não passar calor no verão
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter