Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Climão

BH tem dia mais quente deste inverno

Variação térmica tem sido alta no Estado, e calor só deve dar trégua no fim de semana

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
CIDADES1.JPG
Clima seco exige cuidados com a saúde, segundo especialistas
PUBLICADO EM 16/08/18 - 03h00

Em pleno inverno, o mineiro tem dúvida se deve ou não tirar os agasalhos do guarda-roupa. O dilema é justificável, afinal, a temperatura no Estado tem oscilado em até 20ºC graus ao longo do dia, como em Monte Verde, no Sul do Estado, que saltou de 1º C, no fim da madrugada de quarta-feira, para 21ºC no começo da tarde. Também nesta quarta-feira, Belo Horizonte registrou o dia mais quente deste inverno: 29,7ºC. E o calor só deve dar trégua no fim de semana, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Apesar da grande amplitude térmica, as mudanças são normais e características da estação, como explicou o meteorologista do Inmet Cléber Souza. “A elevação da temperatura é causa da amplitude térmica, que é a diferença entre as temperaturas mínima e máxima. Essa situação é algo típico do inverno, estação em que há menos nuvens e menos chuvas, promovendo mais entrada de radiação e sensação de calor”, disse.

Segundo o especialista, a tendência para o mês de agosto é a continuidade das temperaturas mais altas durante a tarde e tempo seco. No fim de semana passado, a capital registrou umidade relativa do ar de 12%. “Isso requer atenção e cuidados, como evitar atividades físicas sob o sol de 10h às 15h, se hidratar bastante e umedecer o ambiente com vaporizadores ou toalhas molhadas”, afirmou Souza.

Os cuidados são, de fato necessários, pois, segundo a médica pneumologista Ângela Pedrosa, o número de internações causadas por problemas respiratórios aumenta nesta época do ano. “A temperatura fria do começo do dia e à noite e o tempo seco favorecem a aderência de vírus e bactérias às mucosas do corpo. Com isso, idosos e crianças, que normalmente têm imunidade mais baixa, são os mais afetados e ficam sujeitos a rinites, bronquites, sinusites e infecções”, explicou Ângela.

A profissional alertou para os riscos da automedicação. “Muita gente sente o nariz seco e já pinga remédio, o que é errado, pois pode causar uma rinite medicamentosa. O ideal é manter uma alimentação saudável, higienizar tapetes, pelúcias e cortinas que acumulem poeira e evitar locais fechados”, alertou.

Próximos dias. Segundo o Inmet, uma massa de ar frio se aproxima da capital nas próximas 72 horas e pode causar pancadas de chuva a partir de amanhã. Ainda de acordo com o instituto, a nebulosidade provoca queda na temperatura máxima. 

A previsão é de um fim de semana de clima mais ameno, com termômetros variando entre 15ºC e 27ºC.

O que achou deste artigo?
Fechar

Climão

BH tem dia mais quente deste inverno
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter