PREÇOS

Arma de fogo: 70% do preço no Brasil está relacionado a impostos

A carga de tributos sobre revólveres, rifles, pistolas e afins é de 71,58%, segundo levantamento do IBPT

Por Simon Nascimento
Publicado em 12 de junho de 2022 | 07:00
 
 
 

Item que virou artigo de primeira mão para muitos brasileiros, a arma de fogo tem o preço final impactado por uma carga tributária que supera os 70%. Levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) aponta que a carga de tributos sobre revólveres, rifles, pistolas e afins é de 71,58%. 

O custo final desse tipo de produto varia conforme a modalidade, mas os valores variam entre R$ 3 mil até números que superam R$ 30 mil. Um outro tipo de arma, os canivetes, têm carga tributária atribuída de 43,47% sobre o preço final.

O percentual é justificado por se tratar de produtos que representam risco à saúde, como ocorre com cigarros e bebidas alcoólicas e industrializadas.

Mais de 120 produtos estão na lista do IBPT sobre os percentuais dos impostos sobre os preços praticados ao consumidor final.  

Lista

No levantamento do IBPT mais de 120 produtos estão na lista em que constam os percentuais dos impostos sobre os preços praticados ao consumidor final. A pesquisa está disponível neste link

 

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!