ELEIÇÕES 2024

Costa Neto quer PL e Novo juntos na disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte

Presidente da legenda esteve em Belo Horizonte nesta segunda para a posse da deputada estadual Alê Portela como secretária de estado de Desenvolvimento Social

Por Leonardo Augusto
Publicado em 10 de junho de 2024 | 17:14
 
 
 

O presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, quer fechar aliança com o Novo, legenda do governador Romeu Zema, para a disputa pela prefeitura de Belo Horizonte em outubro. Os dois partidos já têm pré-candidatos na briga pelo comando da capital. Pelo PL, o nome é o do deputado estadual Bruno Engler. No Novo, Luísa Barreto, ex-secretária de estado de Planejamento e Gestão, foi a escolhida para a disputa.

Costa Neto, que esteve em Belo Horizonte nesta segunda (10/06) para a posse da deputada estadual Alê Portela (PL) como secretária de estado de Desenvolvimento Social, afirmou que a união das duas legendas agora é algo que pode ocorrer. A reportagem entrou em contato com o presidente estadual do Novo, Cristopher Laguna, para repercutir a declaração, e aguarda retorno.

O presidente nacional do PL evitou falar sobre quem seria o candidato e quem seria vice em uma união entre o PL e o Novo na capital. "A decisao da chapa é totalmente da bancada de estaduais, federais, e do nosso presidente (o presidente estadual da legenda, deputado federal Domingos Sávio), porque todos têm interesse na capital. Nisso, a nacional não interfere", disse Costa Neto, em encontro com parlamentares da legenda antes da posse de Alê Portela.

Costa Neto avaliou que uma aproximação do PL com o Novo agora ajudaria em uma composição das duas legendas na disputa presidencial de 2026. "Domingos está fazendo todo o esforço para isso (para unir as duas legendas na disputa pela prefeitura). Para estarmos juntos em 2026, nós precisamos disso. Nos interessa estarmos juntos agora para estarmos juntos em 2026", afirmnou.

O presidente nacional do PL disse que as eleições municipais em Minas Gerais são prioridade para a legenda, e que todas as "estrelas" da sigla virão pedir votos para seus candidatos no estado. "Os mineiros nos deram uma das maiores bancadas estadual e federal. Por isso terão o maior apoio do partido. Vamos ter todos aqui. Além de ter o Nikolas na campanha do Bruno, vamos ter a Michele, vamos ter nossas estrelas, o Astronauta (o senador Marcos Pontes), que tem prestígio no Brasil inteiro", disse.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!