Eleições 2024

Fuad minimiza desempenho ruim na DATATEMPO e diz que está 'prefeitando'

Prefeito de Belo Horizonte foi o convidado desta quinta-feira (18) do Café com Política, da FM O Tempo 91,7

Por O Tempo
Publicado em 18 de abril de 2024 | 09:32
 
 
 
normal

O prefeito de Belo Horizonte e pré-candidato à reeleição, Fuad Noman (PSD), minimizou nesta quinta-feira (18), durante entrevista ao Café com Política, da FM O Tempo 91,7, o desempenho ruim na segunda pesquisa DATATEMPO sobre a disputa pela PBH, divulgada na semana passada. De acordo com o levantamento, o atual chefe do Executico municipal ocupa a quinta colocação na corrida, com 7,1% das intenções de voto. Desempenho, inclusive, pior do que no primeiro levantamento, de setembro do ano passado, quando ele aparecia com 8,7% das intenções de voto, na quarta posição.   

Fuad lembrou que, de acordo com o próprio DATATEMPO, 72% dos eleitores ainda não definiram o voto, e que mostra que o cenário eleitoral na capital está totalmente aberto. “Uma pesquisa que mostra que 71% da população ainda não sabe em quem votar mostra um pouco de desinteresse momentâneo da população por eleição. Na realidade, meu grande projeto neste momento é 'prefeitar'. Eu tenho que trabalhar pela cidade, eu sou prefeito da cidade. Tenho muita coisa para fazer. Então, estou dando muito mais atenção às minhas obras, as obras que precisamos fazer, as questões sociais que temos que atacar, do que propriamente para a eleição. A gente sabe que ainda está um pouco longe desse processo (eleições)”, justificou.

O prefeito também disse que sua pré-campanha ainda está no início, e que a tendência é que o belo-horizontino se interesse mais pelas eleições gradativamente. “Até fevereiro, no final de fevereiro, eu não tinha nem anunciado que era candidato, ainda estava na dúvida se seria ou não. Nós não fizemos nenhum movimento de campanha, não fizemos redes sociais antes disso, estamos fazendo agora, começando uma pré-campanha. Pesquisa é isso mesmo, é um retrato”.

Por fim, Fuad voltou a frisar que, neste momento, sua prioridade segue sendo ‘prefeitar’. “O que eu vejo é que ainda tem muita pulverização, muita indefinição, e eu prefiro continuiar trabalhando. O prefeito está 'prefeitando'. Este é o meu momento atual”, disse o chefe do Executivo municipal.

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!