MAGAZINE

Andersen Viana lança disco gravado em Moscou e dá oficina

Redação O Tempo

Por DOUGLAS RESENDE
Publicado em 15 de outubro de 2007 | 16:33
 
 
 

O maestro e compositor Andersen Viana esteve em Moscou, no último mês de junho, para realizar uma gravação de composições suas com a Orquestra Sinfônica Estatal Russa de Cinema, tradicional orquestra fundada há cerca de 80 anos, na era do cinema mudo, quando gravava as trilhas dos filmes de Eisenstein e Pudovkin.

Andersen foi responsável pela direção musical, textos e regência nessa gravação cuja matriz foi trazida para o Brasil e aqui masterizada e reproduzida. Dever cumprido, o maestro realiza agora o lançamento do disco, junto com uma oficina em que ele irá expor o conhecimento adquirido acerca das técnicas de gravação e produção utilizadas pela orquestra e pelos técnicos nos estúdios da Rádio de Moscou.

"Com a oficina, pretendo tratar de todas a as particularidades técnicas das gravações - toda essa tecnologia que é o conhecimento de operação", conta Andersen, que escolheu gravar as suas peças "Cinemúsica nº1" (2007), "Cinemúsica nº2" (2007) e "Suíte Floral" (1986). A intenção, segundo o maestro, é "trazer o conhecimento de como é o modus operandis da orquestra, como funciona o seu trabalho, o sistema de gravação".

AGENDA - Lançamento do disco "The Russian State Symphony Cinema Orchestra" e oficina Produção Fonográfica em Moscou, hoje, às 18h, no Centro Cultural de Contagem (rua Dr. Cassiano, 130, centro, Contagem, 9791- 1019). Vagas limitadas.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!