Em Betim

Adolescente fica em estado grave ao ter pernas cortadas por linha chilena

Menino de 15 anos foi internado no Hospital Regional de Betim; ele voltava de um treino de futebol

Dom, 21/07/19 - 15h05
Gabriel tem o sonho de ser jogador de futebol

Um adolescente de 15 anos ficou gravemente ferido após ser atingido por uma linha chilena - feita com uma mistura cortante, quatro vezes mais potente que o cerol - em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.  O caso ocorreu nesse sábado (20), por volta de 12h, na avenida José Inácio Filho.

Gabriel Lucas Alves do Nascimento voltava da escola de futebol a pé quando uma linha chilena agarrou em um ônibus, e o motorista, segundo testemunhas ouvidas pela Polícia Militar, não viu o problema e seguiu pela avenida. A linha passou nas pernas do adolescente e provocou cortes profundos.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e um enfermeiro que passavam pelo local prestaram os primeiros socorros a Gabriel e o levaram para o Hospital Regional de Betim. 

O irmão da vítima, Amilton do Nascimento Júnior, de 18 anos, contou que Gabriel já passou por duas cirurgias e continua internado no Centro de Tratamento Intensivo do hospital. "Os cortes foram muito intensos, e meu irmão perdeu muito sangue. Os médicos disseram que ele corre risco de perder os movimentos das pernas", disse Júnior.

Gabriel passou por uma cirurgia nesse sábado e por outra na manhã deste domingo. "Minha mãe falou que ele estava melhor nesta manhã, mas ainda não conseguimos conversar com ele e saber direitinho o que aconteceu", disse. Segundo o hospital, o adolescente está consciente. 

Segundo ele, o irmão agora precisa de doação de sangue, quem puder ajudar  deve ir ao Hemominas na rua Salvador Gonçalves Diniz, 191, Jardim Brasília, Betim de segunda sexta-feira de 7h às 11h e ajudar na recuperação do menino. Quem quiser entrar em contato com o Hemominas pode ligar para: 3512-1050. 

De acordo com a Polícia Militar, o dono da linha não foi encontrado e fica difícil fazer uma punição pela situação. "Tem que proibir essa linha chilena, ela é muito perigosa mesmo, as pessoas precisam se conscientizar, meu irmão não estava fazendo nada e de repente aconteceu isso com ele, é muito triste", lamentou Júnior. 

Sonho de ser jogador de futebol

Gabriel voltava da escola de futebol onde treina quando foi atingido pela linha. Segundo o irmão, ele tem o grande sonho de ser jogador de futebol e até já jogou em alguns times de Betim.

"Com essas cirurgias e com o risco dele perder os movimentos da perna ou ter os membros amputados. a gente sente muito medo desse sonho dele ser estragado. Mas estamos orando muito para ele ficar bem e conseguir seguir o sonho de jogar bola, ele é muito bom", concluiu Júnior. 

O que diz o hospital

O paciente G.L.A.N, 15 anos, deu entrada no Pronto Socorro do Hospital Público Regional de Betim no sábado, 20, às 14h15, com lesão grave na perna esquerda causada por linha chilena. Ele foi imediatamente atendido pela equipe da unidade e encaminhado para cirurgia. 

No dia de hoje, 21, o paciente passou por um segundo procedimento cirúrgico. Seu quadro de saúde requer cuidados, mas ele está consciente e orientado. O jovem está internado no CTI, sendo acompanhado de perto e recebendo todos os cuidados necessários da equipe médica e de enfermagem do hospital.

Linha chilena é proibida por lei

O uso de pipas com linha cortante em áreas públicas já é proibido por uma lei estadual. Em Minas Gerais, a Lei 14.349, de 2002, estabelece uma multa de até R$1,5 mil para quem usar linha cortante, e os infratores podem sofrer sanções penais e cíveis.

Se for preso a pena pode variar de três meses a um ano de prisão, podendo ser agravada, dependendo da situação. As linhas de cerol e chilena causam acidentes e mortes de vários motociclistas. 

Podcasts Relacionados

(5) comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
Leia 7:52 PM Jul 22, 2019
Precisa criar uma lei nacional, que proíba a venda no país inteiro, com fiscalização, multa e prisão ao comerciante, seja ele de pessoa física, seja de venda pela internet (sim, tá lá, é só procurar, que encontra em promoção). Se não existir o produto para compra e venda, não haverá o uso.
1
Denunciar

chiquito 3:16 PM Jul 22, 2019
Linha chilena nao dá em arvore igual cipó!!! Tem que prender o vagabundo que tá vendendo essa merda e o filho do cape** que tiver comprando!!!
0
Denunciar

rodolfo ambrosio siqueira 8:04 AM Jul 22, 2019
Tem que prender, encarcerar os pais e a miniatura de bandido que usa cerol, linha chilena, etc. Pois esses bandidos (o moleque e os pais) sabem que é proibido e mesmo assim continuam matando gente com essas linhas. Prisão perpétua para essa miniatura de bandido e para os pais. Serão menos bandidos criminosos nas ruas ameaçando a população.
3
Denunciar

antonio sabata 5:29 PM Jul 21, 2019
as autoridades policiais vendo que estão soltando pipas não importa qual seja a linha vai lá e corte.
4
Denunciar

Verdade 4:29 PM Jul 21, 2019
Esses infelizes não aprendem.
1
Denunciar

Leia mais
LEIA MAIS
Casaco e guarda-chuva
Maus-tratos
Defesa
Premeditação
Em Betim
Violência
Região Centro-Sul
Região Metropolitana
ALGUÉM VIU DOKI?
Emprego