Reações críticas

Nego do Borel corrige post após ser acusado de intolerância religiosa

Depois de publicar uma foto sob a legenda "a macumba que você me jogou não pegou. Blindado", seguidores reagiram com acusações de desrespeito

Sáb, 19/09/20 - 21h58
Nego do Borel
audima

O cantor Nego do Borel voltou atrás e alterou o texto de um de seus posts deste sábado (19) no Instagram, que gerou reações adversas nas redes. Depois de publicar uma foto em um barco, com um curativo no braço, sob a legenda "a macumba que você me jogou não pegou. Blindado", seguidores reagiram com acusações de intolerância religiosa.

"Macumba é um instrumento. E você, como pessoa pública, deveria ter um pouco mais de critério ao postar escrever determinadas coisas. Já vivemos em um país com alto índice de intolerância religiosa, e o que você acabou de fazer só instiga essa prática. Todas as religiões merecem respeito! E você, como cristão que diz ser, deveria saber e praticar isso", disse uma.
"Macumba??? Meu amor tu não vale o preço nem da vela", protestou outro.

Apesar de uma maioria de reações críticas, houve quem defendesse a legenda original: "Qual a dificuldade de entender uma figura de linguagem? Que preguiça com alguns comentários dizendo que é intolerância religiosa... Pelo amor! Tá na cara que o termo usado refere-se a feitiço, como sendo o mal que alguém desejou. Galera reclama de tudo!"
A frase, reescrita pelo funkeiro, agora diz: "O mal que vc me jogou, não pegou. Blindado".

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
Carlos henrique 12:05 AM Sep 20, 2020
A turminha esquerdista do mimimi, estão policiado tudo qualquer coisinha vira racismo,preconceito ou intolerância religiosa,mas para eles e arte criança passar a mão num homem pelado ou colocar a cruz no cu, esta moda do politicamente correto quer na verdade dividir o Brasil entre negros e brancos. E pura hipocrisia
3
Denunciar

LEIA MAIS
Telona de volta
Protegido
Operação Será
Durante a ditadura
Discussão boa
Sob investigação
Raridade
Teatro e Dança
Longe dos holofotes
Celeb!