DEU RUIM PARA A RAINHA

Xuxa pode ter que indenizar empresário mineiro em R$ 50 milhões

"Turma do Cabralzinho" teria sido copiada, segundo a ação movida na Justiça, e virou "Turma da Xuxinha Descobrindo o Brasil

Seg, 15/07/19 - 19h55
Defesa da apresentadora, no processo, alegou que ela não sabe quanto ganhou com personagens

A apresentadora Xuxa Meneghel, de 56 anos, pode ter que pagar uma indenização de R$ 50 milhões a um empresário mineiro após mais de uma década de luta na Justiça. O problema começou, segundo Leonardo Soltz, após a Rainha dos Baixinhos ter se apropriado dos personagens da “Turma do Cabralzinho”, criada por ele.

“Comecei a trabalhar no projeto em 1996, quatro anos antes da comemoração dos 500 anos do descobrimento do Brasil. Em 1998 e 1999 tive alguns encontros com a equipe da Xuxa para falar desse assunto. Depois, a Xuxa Produções lançou os personagens como ‘Turma da Xuxinha Descobrindo o Brasil’”, explicou Soltz.

Devido ao sucesso, os personagens tiveram licenciamento para que uma linha de cosméticos infantis fosse lançada e também foram parar em revistas em quadrinhos e viraram bichos de pelúcia.

“Desde 2004 estamos na Justiça com esse caso e já ganhamos em todas as instâncias. Eles não tentaram um acordo. Sempre recorreram. Para quem diz que constrói os sonhos das crianças, a Xuxa destruiu o meu”, finalizou. 

Mudança de nome

A turma criada pelo empresário mineiro Leonardo Soltz era formada por Cabralzinho, Bebel, Quim, Purri, Caramirim e Frei Caneco. Na versão da Rainha dos Baixinhos, lançada nos anos 2000, eles viraram Guto Cabral, Índia Xuxinha, Xuxinha Princesa Isabel, Guto Borba Gato e Guto Dom Pedro I. 

Minientrevista

A Xuxa participou dos encontros para negociar os personagens? Ela não participou de nenhum encontro. Na primeira vez estavam presentes a Marlene Mattos e outros representantes da empresa dela, a Xuxa Produções.

Você acha que a apresentadora sabia que a criação era sua e de tudo o que estava acontecendo? Eu acho que sabia. E, mesmo se não soubesse no começo, depois ela poderia ter feito algo. Todos têm o direito de errar, mas é preciso consertar o erro.

Quais eram os seus planos para os personagens? Era muito além de um ano e meio, que foi o tempo que eles usaram. Queria que o projeto fosse usado em escolas, ajudando as crianças.

O que falta para que você receba a indenização? Falta a conclusão da perícia judicial. Esse valor (R$ 50 milhões) foi levantado por uma perícia particular, levando em conta o que ela faturou, além da correção dos valores e juros. 

Danos morais

Segundo a defesa do empresário, em 2016, o cliente ganhou uma indenização  no valor de R$ 175 mil por danos morais. "No processo, a defesa de Xuxa alegou que ela não sabia quanto tinha ganhado com os personagens. Um ex-sócio também está na Justiça contra ela. Solicitamos a quebra do sigilo bancário e fiscal da Xuxa Produções. Dependendo do parecer da Justiça, a conta da empresa pode ser penhorada", explicou o advogado do empresário, Marco Túlio Castro. 

A reportagem do O TEMPO  entrou em contato com a assessoria da Record TV para ter um posicionamento de Xuxa. A equipe afirmou que o e-mail com as demandas foram encaminhados ao escritório da apresentadora. No entanto, até as 19h50, ninguém se manifestou.

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
Maurício N. 8:46 AM Jul 16, 2019
Conheço a seriedade e competência do empresário Leo Soltz. Um cara querido por todos que o conhecem e tem uma carreira profissional absolutamente bem sucedida. Esse caso de plágio ou cópia de projetos e ideias acontece diariamente, mas poderosos como a Globo e a Xuxa acham que pelo seu poderio, nada vai acontecer. Essa prática tem que acabar no Brasil. Parabéns Léo e vá em frente!!
0
Denunciar

Leia mais
LEIA MAIS
Denúncia
Ponto final
Globo
a mamãe apita o jogo
BABADO!
BELEZA
Música
Edição comemorativa
Viralizou
Novela