Hotelaria de BH

Abertos na pandemia, Novotel e Ibis Budget aproveitam os bons ventos do turismo

Ocupação e eventos melhoraram. Um dos destaques é o café regional e a academia completa

Seg, 20/12/21 - 14h19

Café regional, localização privilegiada, academia completa e experiência gastronômica. Essas são apenas algumas das qualidades do Novotel Savassi e IbisBuget, inaugurados em abril deste ano, em plena pandemia, e comandados pelo experiente gerente geral Rodrigo Mangerotti, que colocou no novo empreendimento todo o seu background de 17 anos na rede Accor.

Novotel

Com 203 apartamentos e todas as comodidades de um hotel de categoria premium, o Novotel BH Savassi ocupa um lugar que já foi icônico nos anos 1980 em Belo Horizonte, o antigo Savassinuca, na esquina da avenida do Contorno com rua Paulo Simoni. E mal abriu as portas e já é o novo queridinho dos produtores de eventos da capital mineira e dos players do turismo.

Nas última semanas, foram realizados o 20º Encontro da Hotelaria — Edição Belo Horizonte e o BH é um Ovo, esse último reuniundo chefs ícones da gastronomia mineira, como Leonardo Paixão, André Paganini, Ricardo Castilho, Ivo Faria e Caio Soter. "Os eventos e a ocupação melhoraram substancialmente e vão em uma linha crescente", enfatiza Mangerotti,

O Novotel traz a marca da modernidade e da inovação que a Accor tem tentado imprimir na bandeira Novotel desde 2007. Os quartos mantém o alto padrão da rede: são 203 apartamentos com ar condicionado de última geração, isolamento acústico, TV smart e cama king size. No lobby amplo e moderno, há um curioso tobágua e uma decoração clean.

Ibis Budget

Ao lado do Novotel, na mesma torre, está o Ibis Budget, bandeira supereconômica da Accor, que, além do custo-benefício nas tarifas, da localização privilegiada e de acomodar mais pessoas no apartamento, carrega um design urbano e contemporâneo e uma proposta descontraída. Essa é, por sinal, uma tendência de mercado em várias capitais brasileiras.

"No Budget, um dos territórios é o esporte urbano", reconhece Mangerotti. Por isso, o hotel é o primeiro da rede na cidade com uma academia de ginástica completa. Pode-se praticar exercício na escadas, nas áreas comuns, até no quarto. "Abrir os dois hotéis no momento de pandemia nos ajudou a organizar a casa de maneira mais cautelosa", acrescenta.

Cozinha regional

Na hotelaria, principalmente na Accor, a gastronomia regional tem ganhado cada vez mais espaço. No Novotel, essa é uma tendência. O restaurante Núuu (da exclamação de surpresa) é próprio e tem a proposta é instigar o paladar. O café da manhã carrega itens como pães de minas, mix de qeijos de diversas regiões do Estado, frutas típicas do Cerrado e pout-porri de doces típicos.

"A intenção é que a gente seja a porta de entrada da transversalidade da cultura e da gastronomia mineira. Aqui seria o pontapé inicial para que as pessoas conheçam, reconheçam e redescubram Minas Gerais a partir da experiência gastronômica com o chef Guilherme Melo", destaca Mangerotti, que comandou o Mercure BH Lourdes por mais de cinco anos.

 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.