Reino Unido

Aconselhado a ter um hobby para sua saúde mental, homem adota 300 tarântulas

Inglês foi diagnosticado com depressão e transtorno bipolar e foi orientado pelo psiquiatra a ter um hobby

Por O TEMPO
Publicado em 07 de outubro de 2022 | 14:50
 
 
 

Segundo estudos, a adoção de hobbies possui um grande papel no tratamento da depressão. Foi exatamente pensando nisso que o psiquiatra do inglês Aaron Phoenix, 34 anos, orientou o paciente a adotar uma prática para auxiliá-lo no tratamento de doença mental. Mas diferente da maioria das pessoas, o homem fez uma escolha bastante inusitada, resolveu colecionar tarântulas. 

Aaron Phoenix vive na cidade de Bristol, no Reino Unido, com sua esposa e duas enteadas, e começou a colecionar a espécie de aranha em 2021. Atualmente, a coleção possui mais de 300 tipos da espécie.

Ao jornal britânico Metro, o homem contou que passa grande parte de seu tempo livre com seus animais e acredita que eles têm sido benéficos para sua saúde mental.

 "No início, minha parceira e as crianças ficaram um pouco assustados, mas viram o efeito positivo que isso teve em mim imediatamente e se tornaram solidárias", revelou.

Aaron diz ainda que colecionar tarântulas é algo que ele "nasceu para fazer" e não tem intenção de parar tão cedo. Ele ainda faz parte de uma comunidade online de amantes da espécie e compartilha atualizações diárias sobre seus animais de estimação nas redes sociais.

Além de tarântulas, ele também possui três escorpiões de estimação, três louva-a-deus e uma centopéia.

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!