Portugal

Ataque a centro muçulmano deixa ao menos dois mortos e vários feridos em Lisboa

Homem, que usou uma faca de grandes dimensões para cometer o crime, está hospitalizado

Por Agência
Publicado em 28 de março de 2023 | 10:00
 
 
 

Pelo menos duas pessoas morreram nesta terça-feira (28) em um ataque com faca em um centro muçulmano em Lisboa, informou a polícia portuguesa. O agressor foi ferido com um tiro e está detido. 

O primeiro-ministro António Costa afirmou que "é prematuro fazer qualquer interpretação do ato criminoso”. "Tudo aponta para um incidente isolado", disse à imprensa. 

As imagens exibidas na televisão portuguesa mostram um homem armado fora de um centro muçulmano ismaelita. "O ataque deixou vários feridos e, no momento, dois mortos", afirmou a polícia.

O homem, que cometeu o ataque com uma faca de grandes dimensões, está hospitalizado em um centro médico de Lisboa depois de ter sido baleado pela polícia.

"O agressor recebeu ordens para cessar o ataque e não obedeceu, avançando em direção à polícia, com a faca na mão", acrescenta o comunicado. "Diante da ameaça grave e contínua, os policiais utilizaram armas contra a pessoa, atingindo e neutralizando o agressor", completa a nota.

O ataque aconteceu em um centro ismaelita de Lisboa. Esta comunidade de muçulmanos xiitas têm sede mundial em Lisboa e seu líder espiritual, Aga Khan, obteve em 2019 a cidadania portuguesa.  Os muçulmanos ismaelitas são uma comunidade xiita que tem quase 15 milhões de pessoas em 30 países, incluindo 7.000 que vivem em Portugal. (AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!