Na China

Blogueira come tubarão-branco, posta vídeo na internet e é multada em R$ 94 mil

Desde fevereiro de 2020, a China impôs a proibição total de compra, venda e consumo de animais selvagens

Por O TEMPO
Publicado em 01 de fevereiro de 2023 | 12:39
 
 
 

Uma blogueira chinesa, conhecida como Tizi, viralizou na internet após comprar, cozinhar e comer um tubarão-branco e foi multada em 125 mil yuans (cerca de R$ 94 mil). A informação foi divulgada pelo Departamento de Administração e Supervisão de Mercado do Distrito de Nanchong, no sábado (28).

Jin Moumou, conhecida como Tizi, é famosa na plataforma Kwai, que na China é chamada Kuaishou. De acordo com o governo da China, após comprar e consumir o Tubarão Branco, a jovem violou a Lei de Proteção de Animais Selvagens da República Popular do país

Durante as investigações, as autoridades chinesas descobriram que Tizi comprou o tubarão-branco pelo site Taobao em abril de 2022, e pagou o equivalente a 7.700 yuans (cerca de R$ 5.260). No entanto, o conteúdo só foi compartilhado nas plataformas Kuaishou e Douyin em julho.

“Pode parecer cruel, mas sua carne é realmente muito macia”, alega a blogueira no vídeo.

Atualmente, o tubarão-branco é classificado como uma espécie vulnerável pela organização World Wildlife Fund. Desde fevereiro de 2020, a China impôs a proibição total de compra, venda e consumo de animais selvagens. Além disso, impôs multas a quem se submeter às práticas.

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!