tragédia

Edifício desaba em Marselha, na França, e deixa pelo menos cinco feridos

Incêndio ainda impedia as equipes de emergência de procurar outras possíveis vítimas, que estariam dentro do prédio

Por Agência
Publicado em 09 de abril de 2023 | 10:29
 
 
 
normal

Um edifício desabou na madrugada de domingo (9) no centro de Marselha e deixou pelo menos cinco feridos, ao mesmo tempo que um incêndio impedia as equipes de emergência de procurar outras possíveis vítimas, informaram as autoridades locais. 

"Esta noite, às 0H40, um edifício desabou na rua Tivoli número 17, o que provocou o colapso de parte dos (edifícios) 15 e 19 da rua Tivoli", afirmou Benoît Payan, prefeito da cidade portuária do sul da França. 

"Temos que estar preparados para vítimas nesta tragédia terrível", declarou Payan ao comentar o desabamento do prédio de quatro andares. Ele anunciou o balanço de cinco pessoas feridas até o momento.

O prefeito afirmou que o incêndio "permanece ativo e é extremamente difícil de controlar". "Os bombeiros estão considerando minuto a minuto a melhor maneira de apagar este incêndio porque potencialmente há pessoas vivas lá dentro", disse.

"Há fortes suspeitas de que uma explosão provocou o desabamento", afirmou à AFP o prefeito regional Christophe Mirmand, que considera o gás como uma "opção possível" como causa da tragédia. As ruas ao redor do prédio foram isoladas e equipes de emergência trabalham no local. 

"Foi enorme, como uma explosão", declarou à AFP Gilles, que preferiu não revelar o sobrenome e que mora em uma rua próxima ao edifício que desabou. Os desabamentos de dois prédios na rua Aubagne, também no centro de Marselha, em novembro de 2018, provocaram oito mortes. Os edifícios estavam em grave estado de insalubridade. (AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!