OVNIS

EUA encerram buscas por destroços de balão chinês derrubado

Pequim diz se tratar de um dispositivo de observação meteorológica perdido, enquanto Washington o descreveu como um sofisticado veículo espião de grande altitude

Por Agências
Publicado em 17 de fevereiro de 2023 | 16:48
 
 
 

Os Estados Unidos encerraram a tarefa de recuperar os destroços de um balão chinês com supostos fins de vigilância derrubado no início do mês, afirmou nesta sexta-feira (17) o Comando Norte do Exército.

“As operações de recuperação foram concluídas em 16 de fevereiro na costa da Carolina do Sul, depois que os meios da Marinha atribuídos ao Comando Norte dos Estados Unidos localizaram e recuperaram com sucesso os destroços do balão de vigilância de alta altitude da RPC”, disse o Northcom em comunicado, referindo-se à República Popular da China.

"As últimas peças dos destroços estão sendo levadas para o Laboratório do Federal Bureau of Investigation (FBI, a polícia federal americana) na Virgínia para aproveitamento de contra-espionagem", acrescentou.

O balão viajou por grande parte dos Estados Unidos antes de ser abatido sobre o oceano Atlântico por um caça americano F-22 Raptor, em 4 de fevereiro.

Pequim insistiu se tratar de um dispositivo de observação meteorológica perdido, enquanto Washington o descreveu como um sofisticado veículo espião que alcança grande altitude.

As relações entre a China e os Estados Unidos tornaram-se cada vez mais tensas desde o incidente do balão.

Aviões americanos também derrubaram três objetos não identificados nos dias que se seguiram, mas Washington disse mais tarde que evidências preliminares sugeriam que eles não faziam parte de um programa de espionagem chinês.

(AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!