Violência

Filha manda matar a mãe e joga corpo dela em lixeira ao ser proibida de namorar

Adolescente de 14 anos pagou cerca de R$ 22.500 aos criminosos para cometerem o homicídio

Por O TEMPO
Publicado em 03 de abril de 2023 | 10:43
 
 
 

Uma adolescente de 14 anos foi detida pela polícia suspeita de mandar matar a própria mãe, de 38 anos, após a mulher proibi-la de namorar. Um rapaz, de 15 anos e companheiro da suspeita, também foi detido, suspeito de participar do crime. O caso foi registrado em Balashikha, em Moscou, na Rússia.

De acordo com as autoridades, a agente imobiliária Anastasia Milosskaya foi espancada e estrangulada por uma gangue, a mando da própria filha. O casal permitiu que os assassinos entrassem no apartamento quando Anastasia estava fora.

Quando a mulher chegou, ela foi espancada até à morte. O corpo dela foi deixado no apartamento, e a filha pagou aos assassinos 350.000 rublos, cerca de R$ 22.500 pelo crime. 

No dia seguinte, a adolescente, com a ajuda do namorado, teria jogado o corpo da mãe dentro de uma lixeira do condomínio onde viviam. A vítima foi encontrada pelo zelador do prédio, que entrou em contato com a polícia. As informações são do jornal “The Mirror”.

Jovem era má influência

A mãe da garota vinha pressionando a filha a terminar com o rapaz, uma vez que acreditava que o jovem era uma má influência para a garota. Os três viviam juntos no apartamento da vítima, mas a mulher queria que o jovem deixasse a casa delas.

De acordo com uma amiga da menina, ela falou diversas vezes que odiava a mãe, mesmo sabendo que a mulher era uma boa pessoa, que a amava e que queria o bem dela. 

Ainda segundo o jornal, a garota planejava, junto do namorado, viver com as economias da mãe, que somavam cerca de R$ 180 mil reais.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!