'Auxílio-bicicleta'

França investirá R$ 33 bi para incentivar ciclismo no país

No documento apresentado, o governo também visa apoiar o setor de fabricação de bicicletas na França

Por O TEMPO
Publicado em 07 de maio de 2023 | 16:15
 
 
 

A França anunciou que fará um investimento de  € 2 bilhões (cerca de R$ 11 bilhões) nos próximos quatro anos para incentivar o uso de bicicletas pela população do país. Ao todo, considerando também as verbas locais, serão injetados mais de € 6 bilhões (R$ 33 bilhões) até 2027.

Dentre as medidas planejadas pelas autoridades francesas estão implantação de 'auxílio-bicicleta', ciclofaixas, além de prevenção de roubos.

No documento apresentado, o governo também visa apoiar o setor de fabricação de bicicletas na França, com o objetivo de produzir mais de 1,4 milhão de bicicletas em 2027, em comparação com 854.000 em 2022.

Confira as medidas apresentadas pelo governo da França para investir no uso de bicicletas no país:

  • criação de ciclovias e ciclofaixas;
  • auxílio estatal para os moradores comprarem bicicletas (novas ou usadas);
  • criação de rotas de ciclismo (populares entre turistas);
  • instalação de apoios para os pés na beira da estrada, para que os ciclistas possam parar nos semáforos sem ter de descer do selim;
  • incentivos para funcionários públicos irem ao trabalho pedalando;
  • ampliação do registro de bicicletas em um arquivo nacional, para prevenir roubos;
  •  treinamento para 850.000 crianças aprenderem a andar de bike;
  •  implementação de vagas de estacionamento para as bicicletas;
  •  teste de um semáforo específico para ciclistas, de modo que "eles saiam do semáforo e recuperem velocidade suficiente antes que os outros veículos arranquem".

*Com informações de Le Monde  

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!