Alta temperatura

Incêndios perto de Atenas obrigam a evacuar áreas costeiras

Dez bombardeiros de água, seis helicópteros e 210 efetivos foram acionados para conter grande incêndio na Grécia

Por Agências
Publicado em 17 de julho de 2023 | 17:47
 
 
 

Diversos focos de incêndios florestais, abastecidos por fortes ventos, foram declarados nesta segunda-feira (17) a cerca de 40 e 80 km de Atenas, na Grécia, obrigando as autoridades a emitirem ordens de evacuação em partes do litoral.

Nas imediações da cidade costeira de Loutraki, cerca de 80 quilômetros a oeste de Atenas e perto do canal de Corinto, 1.200 crianças foram retiradas de colônias de férias ameaçadas por um incêndio, informou o prefeito Giorgos Gkionis.

Em Kouvaras, 50 km a leste da capital, outro incêndio arrasou a região e se estendeu para Avavyssos, 40 km a sudeste de Atenas, na região densamente povoada de Ática.

"É um incêndio difícil, com ventos muito fortes de até 7 Beaufort (50-60 km/h)", garantiu Yannis Artopios, porta-voz dos bombeiros do país mediterrâneo. "O fogo percorreu 12 quilômetros em apenas duas horas", acrescentou.

A polícia deteve um suspeito de ter iniciado este incêndio, indicou o porta-voz dos bombeiros. Contudo, segundo a agência ANA, o homem de 32 anos foi liberado depois por falta de provas.

Dez bombardeiros de água, seis helicópteros e 210 efetivos, entre eles uma equipe de 31 bombeiros da Romênia, lutavam contra as duas frentes do incêndio, segundo Artopios.

O fogo se espalhou rapidamente para as áreas costeiras de Lagonissi, Anavyssos e Saronida, onde as residências de veraneio são abundantes. 

Diversas casas foram queimadas nessa região, segundo imagens difundidas pela emissora de televisão pública ERT.

As autoridades também interditaram o trânsito nas rodovias próximas de Kalyvia, onde já havia densas nuvens de fumaça.

Um terceiro foco foi declarado em uma área de floresta em Beocia, a nordeste de Atenas, segundo os bombeiros.

Assim como outros países europeus, a Grécia registrou sua primeira onda de calor muito forte do verão neste fim de semana, com máximas de 44,2 °C na área de Tebas (centro), segundo o Observatório Nacional de Atenas.

Na capital, as autoridades decidiram fechar a Acrópole, um dos pontos turísticos mais visitados do mundo, durante as horas mais quentes de sexta, sábado e domingo.

(AFP)
 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!