Devolvido

Itália condena casal por ter desistido de adoção de brasileiro

Menino ficou 5 dias com italianos e foi 'devolvido'

Por Agência
Publicado em 30 de março de 2023 | 23:02
 
 
 
normal

Uma história envolvendo um brasileiro, que hoje tem 26 anos, foi revelada neste sábado (25) pela mídia italiana: em 2007, ele ainda menino, foi adotado por um casal italiano que morava em Cremonese, mas foi abandonado e "devolvido" apenas cinco dias depois.

No entanto, há dois anos, a justiça do país - na primeira e segunda instância - condenou os "pais" a três meses de detenção por causar "falta de meios de subsistência" e por se absterem das "obrigações de assistência", além de multa de 10 mil euros.

A condenação teve a participação do advogado Gianluca Barbiero, que entrou na vida do brasileiro quase que por acaso.

Depois de voltar para uma instituição, o então adolescente mudou diversas vezes de local de acolhimento e cometeu pequenos delitos entre 2016 e 2017 - que fizeram com que ele fosse condenado a um ano de prisão em regime fechado.

No presídio, ele se encontrou com Barbiero, designado para fazer sua defesa, e em uma das conversas com o profissional contou sua história.

Disse que o casal recebeu sua guarda oficial da justiça em 30 de agosto de 2007, quando foram a São Paulo para buscá-lo. Mas, no dia 4 de setembro do mesmo ano entregaram o menino, então com 10 anos, à assistência social italiana sob a alegação de que ele teria apontado uma faca para o então pai adotivo.

Mas, o jovem afirmou que isso ocorreu após ele ter uma briga com o meio-irmão, filho biológico dos italianos, e que a mãe adotiva o agrediu com um cinto.

Por isso, Barbiero afirmou que ele poderia abrir um processo contra eles por abandono e a justiça de Cremona, em primeira instância, e a Corte de Apelação de Brescia, em segunda, confirmaram.

Atualmente, o brasileiro voltou a morar em Cremonese, onde mora em sua própria casa e tem trabalho. (ANSA)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!