Estados Unidos

Menina de 3 anos mata irmã de 4 anos com tiro acidental dentro de casa

O incidente ocorreu no último domingo (12).

Por O TEMPO
Publicado em 14 de março de 2023 | 10:17
 
 
 

Uma menina de 3 anos matou sua irmã de 4 anos após ter encontrado uma arma carregada em casa, na cidade de Houston, no Texas (EUA) . O incidente ocorreu no último domingo (12).

Chamando o incidente de “trágico”, mas “muito evitável”, o xerife responsável pelo caso, Ed Gonzalez, disse à imprensa que as meninas estavam em um dos quartos do apartamento onde viviam com os pais no momento do incidente. No imóvel, estavam cinco adultos, todos familiares, mas em locais diferentes. 

“As irmãs foram deixadas sem supervisão. Até que uma delas encontrou a arma carregada e disparou um único tiro contra a outra. A família ouviu o disparo e correu para o quarto e encontraram a menina de 4 anos inconsciente no chão”, explicou o xerife.

De acordo com o departamento de polícia da região, uma investigação está em andamento para apurar o fato dos familiares não terem guardado a arma em um local seguro.

Casos de disparos involuntários de menores de 18 anos nos EUA

Nos Estados Unidos, entre 2015 e 2020, houve pelo menos 2.070 disparos involuntários de menores de 18 anos, resultando em 765 mortes e 1.366 feridos. As informações são do grupo de pesquisa que defende o controle de armas, Everytown Research & Policy.

Cerca de 39% envolveram um atirador de 9 anos ou menos, disse a organização sem fins lucrativos.

As lesões relacionadas a armas de fogo ultrapassaram recentemente os acidentes de trânsito e se tornaram a principal causa de morte entre pessoas de 1 a 19 anos nos EUA, de acordo com um artigo de 2022 publicado no The New England Journal of Medicine. Nisso, os EUA estão sozinhos entre as potências mundiais.

“Em nenhum outro país tão grande ou rico as mortes por armas de fogo estão entre as 4 principais causas de mortalidade, muito menos a causa número 1 de morte entre crianças”, escreveu um estudo da Kaiser Family Foundation no ano passado.

*Com informações de BBC. 

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!