Cem anos da Marcha sobre Roma

Milhares de pessoas fazem homenagem ao ditador Mussolini

Cerca de 2.000 pessoas se reuniram em Emilia-Romagna, no norte da Itália, onde o ditador está enterrado

Por O Tempo
Publicado em 30 de outubro de 2022 | 15:14
 
 
 

Centenas de nostálgicos do ditador Benito Mussolini desfilaram em sua cidade natal de Predappio neste domingo (30) para comemorar os cem anos da Marcha sobre Roma, que marcou a ascensão ao poder dos fascistas na Itália. 

Cerca de 2.000 pessoas, segundo estimativas oficiais, se reuniram na pequena cidade da Emilia-Romagna, no norte da Itália, onde o ditador também está enterrado. 

O túmulo de Mussolini tornou-se um local de peregrinação e é visitado todos os anos por dezenas de milhares de visitantes.

Raízes neofascistas

Neste domingo, alguns de seus apoiadores expressaram seu apoio ao novo governo liderado pela líder de extrema-direita Giorgia Meloni, que ajudou a criar o partido Irmãos da Itália há dez anos. O partido político tem raízes neofascistas. 

No entanto, durante seu primeiro discurso ao parlamento, nesta semana, a nova primeira-ministra disse que nunca sentiu "qualquer simpatia ou proximidade com regimes antidemocráticos (...), incluindo o fascismo". 

Embora a lei italiana proíba a apologia do fascismo, raramente é aplicada. (AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!