Vaticano

Missa do Galo: Papa critica fome de poder e pede que fiéis se lembrem dos pobres

Pontífice fez referências à guerra na Ucrânia e condenou a ganância que move os conflitos

Por O Tempo
Publicado em 24 de dezembro de 2022 | 19:18
 
 
 
normal

O Papa Francisco condenou, neste sábado (24),  a "fome de riqueza e de poder" e pediu aos fiéis católicos que se lembrem daqueles que sofrem com a guerra, a pobreza e a injustiça. O discurso, que faz clara referência à guerra entre Rússia e Ucrânia, foi proferido na Basílica de São Pedro, no Vaticano, durante a Missa do Galo, celebração que ocorre tradicionalmente na véspera de Natal. 

O pontífice teceu a homilia em torno do tema da ganância e do consumo. "Homens e mulheres em nosso mundo, em sua fome de riqueza e poder, consomem até mesmo seus vizinhos, seus irmãos e irmãs", disse ele. "Quantas guerras já vimos! E em quantos lugares, ainda hoje, a dignidade e a liberdade humanas são tratadas com desprezo!", lamentou Francisco. 

Sem citar o nome dos países envolvidos, o Papa ainda lembrou das crianças que têm sido vítimas da guerra no leste europeu. "

“Penso sobretudo nas crianças devoradas pela guerra, pela pobreza e pela injustiça”, disse o papa, referindo-se também às “crianças nascituras, pobres e esquecidas”.

Como tem ocorrido nos últimos meses, um problema no joelho impediu Francisco de ficar de pé por longos períodos, delegando um cardeal para ser o principal promotor da cerimônia no altar da maior igreja da cristandade.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!