Inacreditável

Mulher banida de zoo após se apaixonar por chimpanzé é autorizada a voltar

A gerente de comunicações da instituição fez apenas uma ressalva: Só pedimos que ela não deixe Chita ser um chimpazé

Por O Tempo
Publicado em 20 de julho de 2023 | 15:25
 
 
 
normal

Uma mulher teve a permissão para entrar em um zoológico, na Bélgica,  removida após se apaixonar por um chimpanzé. A administração do local tomou a decisão devido ao comportamento inadequado da visitante, mas agora o banimento foi retirado e ela poderá retornar. 

Adie Timmermans ficou conhecida, em 2021, quando passou a visitar com muita  frequência o zoológico de Antuérpia, localizado na Bélgica. O motivo da ida era apenas um: ela se apaixonou por um chimpanzé. Nos encontros, ela ficava enviando beijos e acenando para ele atrás do vidro que os separava. 

O comportamento exagerado e frequente levou ao banimento de Timmermans. À época, ela chegou a dizer que a atitude seria prejudicial tanto para ela quanto para Chita, ambos poderiam ficar perturbados. "Eu amo aquele animal e ele me ama. Não tenho mais nada. Por que eles querem tirar isso?", protestou.

A direção do jornal disse ter tomado a decisão justamente para prever que Chita ficasse prejudicada, principalmente em relação ao grupo de primatas com quem partilhava o recinto. Segundo veterinários, o animal deixou de se relacionar com outros da mesma espécie devido às interações de Timmermans. 

Dois anos depois, o acesso ao zoológico voltou a ser liberado. "Só pedimos à Sra. Timmermans que mudasse o seu comportamento em relação a esse animal específico. Não há proibição de ver Chita para nenhum visitante neste momento", contou Ilse Segers, a gerente de comunicações do zoológico. (Com informações de Page Not Found)

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!