México

Mulher vai ao hospital fazer cirurgia de retirada de pele e acorda com silicone

Mesmo após o erro, a paciente alega que foi obrigada a pagar US$ 2,5 mil (cerca de 12 mil reais) pelos procedimentos não solicitados

Por O TEMPO
Publicado em 20 de novembro de 2023 | 11:26
 
 
 

Uma mulher está denunciando um centro médico do México após passar por uma cirurgia para remover pele flácida e acordar com implantes de silicone nos seios e enxerto de gordura nos glúteos. O caso aconteceu em outubro deste ano e foi divulgado pelo The Mirror.

Segundo a identificada como Kimberly McCormick , ela foi até o México para realizar a cirurgia de remoção de pele em braços, coxas e barriga. No entanto, ao despertar da anestesia, percebeu a mudança indesejada e dolorosa nos seios. 

McCormick relata que cirurgia planejada para retirada da pele flácida não foi realizada. Além disso, informou um coordenador médico sobre o equívoco, mas foi informada de que teria solicitado os implantes, o que ela nega veementemente, e foi obrigada a pagar US$ 2,5 mil (cerca de 12 mil reais) pelos procedimentos não solicitados. “Eles pegaram meu cartão e não pude fazer nada, pois estava sozinha e debilitada”, lembra.

Conforme a filha de Kimberly, Misty Ann McCormick, a mulher só recebeu alta do centro médico após assinatura de documento sugerindo que a cirurgia indesejada foi autorizada. Além disso, um mês após o procedimento, a mulher apresenta dificuldade de cicatrização e tenta arrecadar dinheiro para retirar as próteses.

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!