Oportunidade

Nova York busca ‘caça ratos’ e paga R$ R$ 887 mil a profissional do extermínio

Anúncio da prefeitura da cidade diz que candidato deve ter “atitude fanfarrona, humor astuto e uma aura geral de ‘fodão’

Por O Tempo
Publicado em 03 de dezembro de 2022 | 14:53
 
 
 
normal

O prefeito de Nova York, Eric Adams, é conhecido por sua obsessão pelo controle de ratos - não à toa, já que uma lenda urbana conta que a maior cidade dos EUA tem mais roedores do que pessoas. Ele já apresentou diversas propostas para combater os animais, como um balde que os atrai com cheiro de comida e, depois, os afoga em solução parecida com vinagre. Agora, a prefeitura elevou sua ambição de extermínio e anunciou uma vaga de emprego para “diretor de mitigação de roedores”, para a qual está disposta a pagar entre US$ 120 mil e US$ 170 mil (algo em torno de R$ 626.340 e R$ 887.315, pela cotação do Google).

O anúncio não poupa humor para tentar atrair candidatos (e faz até referência ao filme “Ratatouille” em que um rato controla os movimentos de um cozinheiro). “Apesar de sua bem-sucedida estratégia de comunicação pública e presença espertinha nas redes sociais, ratos não são nossos amigos — eles são inimigos que devem ser abolidos pela combinação de forças do governo de nossa cidade. Roedores espalham doença, danificam nossas casas e fiação e até tentam controlar os movimentos de funcionários de cozinhas de restaurantes para tomar empregos humanos. Astutos, vorazes e prolíficos, os ratos de Nova York são conhecidos por suas habilidades de sobrevivência, mas eles não mandam na cidade — nós mandamos”, diz o documento, disponibilizado no site da prefeitura.

Apesar das brincadeiras, a vaga exige alta qualificação dos candidatos, que precisam ser graduados preferencialmente na área de políticas públicas e ter de cinco a oito anos de experiência em uma posição similar. O novo exterminador de ratos de Nova York também precisa ter “atitude fanfarrona, humor astuto e uma aura geral de ‘fodão’”. Brasileiros interessados infelizmente não poderão se candidatar, pois os interessados devem residir em Nova York há pelo menos 90 dias antes de se inscreverem na seleção. Mesmo assim, ficou curioso? O anúncio completo está disponível no site da prefeitura, em inglês. 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!