CRIME

'Profeta' enviado à Terra para curá-la é condenado por abuso sexual infantil

Conhecido como Visão Divina, Rashad Jamal foi sentenciado a 18 anos de prisão e mais 22 em liberdade condicional

Por O Tempo
Publicado em 22 de agosto de 2023 | 17:19
 
 
 

O autodeclarado profeta Rashad Jamal, também conhecido como Visão Divina, foi condenado há 18 anos de prisão por abuso sexual infantil e crueldade contra crianças. Tanto os crimes quanto a prisão aconteceram no estado da Geórgia, nos Estados Unidos. 

Amplamente conhecido em comunidades esotéricas pela internet, Jamal tem 84 mil seguidores no Instagram, 716 mil no Tik Tok e 50 mil no Youtube. Aos 36 anos, ele era considerado por ele e pelos seguidores como um profeta que foi enviado à Terra para curá-la. 

No entanto, o falso missionário divino teve crimes revelados pelo site "Motherboard" e investigados pela polícia. Ele foi condenado por abuso sexual e por crueldade contra a filha de sua ex-namorada, Darshell Smith. A mulher disse que, depois de denunciar os abusos cometidos por ele e de se separar de Jamal, sofreu ameaças dos seguidores dele. 

Jamal foi preso em agosto de 2022, sem direito a fiança. Desde então, seguidores fervorosos já entraram em conflito com a polícia e iniciaram campanhas na internet para liberação do até então suspeito. 

O condenado era um ex-rapper que se tornou integrante de um grupo de influenciadores New Age . Ele se afirma um ser semidivino, alegando que negros e latinos são deuses e deusas, prega a poligamia para sustentação da estrutura familiar e afirma que jogadores da NBA são robôs sintéticos. (Com informações de Page Not Found)

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!