Fênomeno

Superlua rosa poderá ser vista do Brasil nesta quinta-feira; veja como

Há momentos em que o satélite natural se aproxima da Terra e fica grandioso

Por O TEMPO
Publicado em 05 de abril de 2023 | 09:18
 
 
 

Os amantes da lua cheia podem comemorar: nesta quinta-feira (6), será possível ver o satélite natural em seu momento superlua, o que significa que ele ficará mais próximo da Terra e, portanto, mais grandioso. As informações são da Nasa.

O fenômeno poderá ser acompanhado ao longo de três noites e terá ponto alto às 4h35. Ao longo desses dias, a lua atingirá seu perigeu, ou seja, o ponto mais próximo da Terra. Com isso, dará impressão que está maior.

A superlua rosa recebe esse nome porque é o momento em que as flores desabrocham no Hemisfério Norte, período da primavera na região. Entretanto, nada tem a ver com a mudança de coloração do satélite. 

O que é a superlua?

Em resumo, as superluas são as maiores e mais brilhantes luas cheias que conseguimos ver no nosso planeta. E quando falamos que a Lua estará mais perto de nós, do quão próximo estamos falando? A distância média entre a Terra e a Lua é de cerca de 380 mil km. No apogeu, o ponto mais afastado, ela chega a estar a mais de 405 mil km de distância (quando a Lua cheia ocorre durante o apogeu, temos uma "minilua").

Como ver a superlua

  • Olhe para cima!
  • Basicamente, se você estiver conseguindo olhar para a Lua, em qualquer horário, você estará vendo a superlua.
  • Ver a superlua também depende de um pouco de sorte: o céu precisa estar limpo

(Com Folhapress) 

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!