Nos Estados Unidos

Tia é acusada de matar sobrinho de 3 anos após jogá-lo em lago

Câmeras de segurança mostram que a mulher não fez nenhum esforço para salvar a criança enquanto ela se debatia na água

Por O Tempo
Publicado em 26 de setembro de 2022 | 17:21
 
 
 

Uma criança de 3 anos foi confirmada morta depois de ser supostamente empurrada pela própria tia no Lago de Michigan, nos Estados Unidos. As informações são do site Breitbart. 

Victoria Moreno, de 34 anos, é acusada de ter empurrado seu próprio sobrinho no Navy Pier depois de chegar que não havia ninguém próximo. O crime teria acontecido no dia 19 de setembro. 

Registros de câmeras de segurança - que ainda não foram divulgadas - mostram que Victoria não fez nenhum esforço para salvar a criança enquanto ela se debatia na água. Neste mesmo momento, outras pessoas tentaram jogar botes salva-vidas para ajudá-lo. 

A criança teria ficado sob a água por aproximadamente 30 minutos antes que a equipe de mergulho de emergências o resgatasse. Mesmo tendo sido levado às pressas para o Hospital infantil de Lurie, o sobrinho teve uma parada cardíaca completa e esteve em estado crítico até não suportar os ferimentos causados. 

Inicialmente, Victoria disse que não conhecia a criança à polícia. Depois, relatou que ele teria caído no lago depois de ter soltado a camisa. Testemunhas dizem que o menino estava correndo sem supervisão antes do incidente ocorrer.

De acordo com promotores, Victoria teria levado o menino de uma casa na região de Des Plaines, em Illinois, sem permissão dos pais. Ela também teria roubado as chaves do caminhão da família. Ela também esteve envolvida em outro incidente na semana anterior, onde levou outros parentes jovens ao Navy Pier sem a permissão da família, segundo os promotores. (Com informações de Breitbart). 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!