Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Laura Medioli

No mundo da Lua

Casamento é coisa séria, requer maturidade, condição financeira...

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
21.JPG
PUBLICADO EM 06/01/19 - 04h30

Ligou de Alfenas, onde estudava. Eufórico.

– Mãe! Tenho duas notícias ótimas!

– Uai, deve ser mesmo! Pra você me ligar assim... de repente... O que é, meu filho? Fala para sua mãe!

– Bom, a primeira é que eu vou me casar...

– Ahn?

– E a segunda, bem... a segunda é que você vai ser avó.

– ...

– Mãe??? Você está me ouvindo?

– Filho, eu... eu... – e tentando pôr ordem nos pensamentos, completa baixinho: – ... tô te ouvindo.

– E aí?

– Aí o quê?

– Não vai me dizer nada? Eu e Carlinha estamos tão felizes, cheios de planos, e você nem para nos dar os parabéns...

– Não, é que... bem... é que... filho! Eu nem sequer conheço a Carlinha! E, sinceramente, 18 anos não é idade para...

– Ué! A vovó não se casou com 17? Pois é, a Carlinha tem 16!

– O quê? Você quer dizer que a garota com quem pretende se casar tem 16 anos???

– Mãe! Ela é a nora que você pediu a Deus! No fim de semana estaremos aí, tenho certeza de que vai adorá-la. Agora vou ter que desligar, que a bateria está acabando.

– Ei, filho! Não des...

E no fim de semana...

– Mãe, Carlinha! Carlinha, mamãe!

– Olá!

– Oi.

– ...

– Bom, sabia que vocês iam se dar bem. Mãe, enquanto eu coloco as coisas no quarto, vão conversando aí... Aproveita e prepara um lanche, que estamos morrendo de fome...

– Dona Judite?

– Sim.

– Eu e o Pedrinho estamos apaixonados.

– Nessa idade, minha filha, não tem como não estar, né?

– Por isso, resolvemos nos casar. Já conversamos com meus pais, e eles concordaram, acharam que seria melhor. Agora viemos conversar com a senhora.

– Sei.

– E então?

– Ô minha filha, tudo bem, vocês estão apaixonados, mas, venhamos e convenhamos, você não acha que são jovens demais para uma decisão dessas? Casamento é coisa séria, requer maturidade, condição financeira... E vão viver de quê? De amor?

– Por enquanto acho que sim... Mas o Pedrinho está se virando. Lá na faculdade, de vez em quando, pintam uns bicos, uns computadores para consertar, uns...

– E vão morar onde? Se sustentar como, criatura de Deus?!

– Ai, mãe – interrompe o menino –, você está assustando a Carlinha! Já está tudo resolvido. Talvez eu tranque a matrícula na faculdade e volte pra cá, sei lá, aqui deve ser mais fácil arrumar emprego. Ou então ficamos por lá mesmo, na casa do seu Artur.

– Quem é seu Artur?

– É o meu pai – explica a menina –, ele disse que, se quisermos, podemos ficar lá um tempo até as coisas se ajeitarem. O problema é que não gosto muito da mulher dele, a garota é um saco!

– Garota?

– É, se amarrou no coroa e agora fica dando uma de dona da casa, sabe como?

– E sua mãe, o que ela acha disso?

– Minha mãe? Ela, no começo, quis matar a menina, imagina que outro dia...

– Filha, não é sobre isso que estou querendo saber. Eu perguntei sobre vocês, o que sua mãe acha de você, com 16 anos, se casar com o meu filho, de 18?

– Bom, ela ficou preocupadíssima.

– Sim, e o que ela disse?

– Disse que ser avó com 42 anos seria o fim da picada.

– Quer dizer então que... você realmente espera um bebê?

– Lua.

– Como?

– Se for menina, vai se chamar Lua, e se for menino, Sol. Bonito, né? Eu que escolhi.

Três meses depois...

– Mãe! Vamos chegar daqui a dois dias. E o quarto do bebê, já pintou? Olha que a Carlinha não pode com cheiro de tinta, só de ouvir falar, ela vomita. Aliás, ela só vomita. Mas é assim mesmo, minha sogra vomitou os nove meses... E a mudança, já chegou? Meu sogro nos deu uma TV e um bercinho lindo, você vai adorar!

Um ano depois.

– Dona Judite, tô saindo pra aula. Qualquer coisa, me liga, tá? Deixei o leite na mamadeira...

E a avó, com cara de encantada, nina a pequena Lua, enquanto diz a todos que a neta é o seu sol.

Enfim, dona Judite estava no céu.

Ou seria na Lua?

O que achou deste artigo?
Fechar

No mundo da Lua
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (2)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook