Confusão

Saiba mais sobre a briga envolvendo o vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz

Dirigente, que também é vereador, teve falta computada em votação realizada na Câmara carioca, mas havia confirmado presença via aplicativo

Por O Tempo Sports
Publicado em 19 de setembro de 2023 | 23:14
 
 
 
normal

A confusão envolvendo o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, e um torcedor rubro-negro, em um shopping, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, ganhou um novo capítulo, após a repercussão do episódio. O dirigente do clube carioca, que também é vereador, eleito em 2020 pelo Partido Liberal (PL), teve falta computada em votação realizada nesta terça-feira (19/09), na Câmara Municipal do Rio. Porém, o vereador havia confirmado presença virtualmente via aplicativo.  

O vídeo da briga foi publicado nas redes sociais, na tarde desta terça-feira (19/9), pelo jornalista Venê Casagrande, do SBT. Segundo o jornalista, o dirigente relatou que foi agredido verbalmente por um torcedor. "Eu estava com três meninas (uma filha de Braz) e o cara começou a me agredir verbalmente. Um absurdo." 

 

 

 

Braz e o torcedor prestam depoimento, na noite desta terça (19/09), na 16ª delegacia policial da Barra da Tijuca sobre o ocorrido. O torcedor se chama Leandro Campos da Silveira Gonçalves Junior, tem 22 anos, e trabalhava no momento da briga. Ele chegou a ser atendido no hospital Lourenço Jorge e, em seguida, foi até a delegacia prestar depoimento.  

Ainda segundo o jornalista Venê Casagrande, Leandro disse que “eu vi ele dentro da loja da Pandora. Só gritei para ele sair do Flamengo. Virei de costas e fui andando. Quando eu vi, ele correu atrás de mim. Ele e o segurança dele me agrediram. E ele me mordeu também", escreveu o depoimento do torcedor em suas redes sociais.

 

 

 

A má fase da equipe carioca, que perdeu a primeira partida da decisão da Copa do Brasil, no Maracanã, para o São Paulo, por 1 a 0, somada a campanha irregular no Brasileirão, gerou uma série de protestos da torcida flamenguista. Flamengo e São Paulo voltam a se enfrentar, pela segunda partida da decisão, no próximo domingo (24/09), às 16h, no Morumbi. 

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!