Estadão Conteúdo
@superfcoficial
02/09/19
17h06

Copa do Brasil

Apesar da vantagem do empate, Bruno prevê Inter no ataque contra o Cruzeiro

Lateral do Colorado não quer saber de esperar a Raposa na defesa no Beira Rio

Estadão Conteúdo | @superfcoficial
02/09/19 - 17h06

A vantagem de 1 a 0 obtida no primeiro jogo, no Mineirão, diante do Cruzeiro, não ilude o lateral-direito Bruno, do Internacional, para o segundo duelo das semifinais da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre. O defensor, que já atuou no mesmo time e foi dirigido pelo técnico cruzeirense Rogério Ceni, espera um duelo completamente diferente daquele de 7 de agosto, em Belo Horizonte.

"O Rogério é um motivador. Ele gosta que o time dele atue com marcação forte, pressione o adversário. Vai ser um jogo difícil, perigoso. Com a ajuda do nosso torcedor, temos de buscar o resultado, atacar e não nos acomodar com a vantagem conseguida na primeira partida", afirmou o experiente lateral, de 34 anos.

Bruno prevê um Inter com atitude agressiva e confiante desde o apito inicial, pois, na sua avaliação, se trata de um grupo preparado para os grandes desafios. "Temos de entrar concentrados. Como se fosse uma decisão. Ir em busca sempre da última bola. Coisas grandes estão por acontecer e nós estamos preparados. Não podemos deixar escapar as oportunidades."

Quanto à disputa de Rafael Sóbis e Nico Lopez por uma vaga no ataque, Bruno demonstra confiança nos jogadores e no técnico Odair Hellmann. "Tenho certeza de que aquele que entrar na equipe vai dar conta do recado. O nosso treinador vai saber escolher a melhor opção."

O elenco do Inter se reapresentou nesta manhã de segunda-feira, após a vitória, por 3 a 1, sobre o Botafogo, sábado, no Beira-Rio, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O primeiro treinamento da semana foi dividido em duas partes. Enquanto os jogadores que iniciaram o confronto com o time carioca fizeram trabalhos físicos na academia e depois uma atividade mais leve no gramado, o restante do grupo treinou com bola sob o comando de Hellmann, que concentrou suas atenções no setor ofensivo, exigindo movimentação e finalização. 

Todos os ingressos para quarta-feira já foram vendidos. O Inter vai jogar pelo empate para disputar a decisão. O último título nacional do colorado gaúcho foi em 1992, quando ganhou a Copa do Brasil em uma final com o Fluminense. Há dez anos, perdeu o título para o Corinthians.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000