Josias Pereira
@superfcoficial
21/10/19
21h46

Mudança

Guilherme Cruz deixa base para ser secretário-geral do Cruzeiro

Ex-superintende foi categórico ao dizer que não será remunerado, assim como não recebia em seu antigo cargo

Ex-superintendente da base do Cruzeiro aceitou nova função a convite do presidente Wagner Pires — Foto: Reprodução/TV Assembleia
Josias Pereira | @superfcoficial
21/10/19 - 21h46

Guilherme Cruz deixou o cargo de superintendente de futebol de base do Cruzeiro para assumir a função de secretário-geral do clube, trabalhando diretamente com o presidente Wagner Pires e atendendo às deliberações de Zezé Perrella, presidente do conselho deliberativo da Raposa e responsável pela gestão do futebol. 

Em entrevista ao Super FC, Guilherme confirmou a mudança no cargo, um convite que partiu do presidente Wagner Pires. 

"Foi um convite realizado pelo presidente Wagner Pires, com a anuência do Zezé Perrella, responsável pelo comando do departamento de futebol do Cruzeiro. É um cargo com responsabilidade mais ampla, que também envolve questões relacionadas à disposição do próprio Zezé, mas o presidente me solicitou que ficasse mais próximo dele, inclusive trabalhando na sede do Barro Preto. O próprio Zezé, dentro das ideias inovadoras que ele está querendo implementar, quer pessoas mais próximas a ele, do entendimento dele no departamento de futebol, indicações que não têm a ver com questões políticas, mas de profissionalismo. As mudanças já demonstraram uma efetividade, com essa tranquilidade que o clube passou a ter no âmbito administrativo e político. A ideia é ter paz para focar no que é o principal, que é o futebol do clube. A nossa situação ainda não deixou de ser preocupante, mas o Cruzeiro vem alcançando essa tranquilidade com os últimos resultados", disse Guilherme. 

O novo secretário do clube fez questão de ressaltar que o cargo que ocupará não será remunerado, assim como a função que possuía de superintentendente da base. 

"A superintendência da base já não era um cargo remunerado. Na época do fogo cruzado, alguns conselheiros sustentavam uma remuneração minha de R$ 60 mil, chegaram até a espalhar imagens com a minha cara falando que eu recebia. mas eu nunca recebi do Cruzeiro. Como agora também não receberei", destacou Guilherme.

Sequência de Amarildo 

Na base do Cruzeiro, a única mudança já anunciada foi a saída de Guilherme. Amarildo Ribeiro, um dos braços direitos de Itair Machado, segue como diretor. 

"Essas questões de mudanças na base serão deliberações do Zezé Perrella. Mesmo com meu cargo de secretário-geral, eu estou dando toda a assistência, no que diz respeito ao futebol de base, até a deliberação do Perrella. Quanto aos outros funcionários, eles têm contrato em vigor, e vão permanecer até quando o Zezé definir a manutenção ou não das pessoas", destacou Guilherme Cruz. 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000