Daniel Ottoni
@dottoni
22/06/20
13h59

De volta

Com ex-melhor do mundo, Praia Clube retorna à Liga Nacional de Futsal

Clube de Uberlândia participou do torneio entre 2008 e 2011; fixo Neto abandonou a aposentadoria e será o grande destaque dentro das quadras

Equipe de Uberlândia tem como meta se classificar para segunda fase da competição — Foto: Divulgação - Praia Clube
Daniel Ottoni | @dottoni
22/06/20 - 13h59

Depois de quase 10 anos, o Praia Clube, de Uberlândia, volta a marcar presença na Liga Nacional de Futsal (LNF). Nas últimas edições do maior torneio do país da modalidade, o Minas Tênis Clube era o único representante mineiro. Entre 2008 e 2011, o Praia conseguiu estar presente na competição, sem grandes resultados, o que a diretoria espera que tal cenário seja alterado.

"O retorno se deu principalmente pela vontade do nosso presidente Guto Braga, um desportista nato. O elenco está fechado desde a apresentação, que ocorreu em fevereiro. Nossa meta é buscar a classificação para a segunda fase", comenta o coordenador de futsal do clube, Adeodato Júnior.

O clube, que será comandado por Marcelo Duarte, o “Morcego”, e pretende também disputar o Mineiro para se preparar bem para o principal desafio da temporada. Depois dos treinos terem começado no dia 3 de fevereiro e de três vitórias em três amistosos, as atividades foram interrompidas em março por causa da pandemia do novo coronavírus. A Liga Nacional de Futsal ainda não tem previsão de quando o torneio terá início. 

Destaque internacional

Para ir longe, o Praia contratou o experiente fixo Neto, de 38 anos, que abandonou a aposentadoria para defender a cidade em que nasceu. Neto integrou a seleção brasileira por muitos anos e chegou a ser considerado o melhor jogador do mundo em 2012. Em 2018, ele anunciou que estava deixando as quadras para se dedicar mais à família depois de ter enfrentado dois tumores, um na cabeça e outro no pulmão. Neto também defendeu o Atlético no fim dos anos 1990, além de ter jogado os Mundiais de 2004 e 2012 pela seleção. Ele reúne passagens pelo futsal de países como Croácia, Rússia e Cazaquistão. 

Compra de cota

Como o futsal brasileiro não conta com uma segunda divisão, a presença de novos times no torneio se dá por meio de compra de cotas. 

"Os clubes interessados em participar do torneio recebem um caderno com encargos com as necessidades que precisam ser atendidas. A LNF auxilia no processo e os clubes que seguem interessados, após esta primeira análise, apresentam o seu projeto, que é avaliado pela Liga e seus franqueados", comenta Alexandre Rollin, diretor de marketing da competição.

"É muito importante a presença de um segundo clube de Minas Gerais, isso amplia a participação do Estado na competição e da própria região sudeste. A modalidade vai chegar para novas cidades e públicos", garante. 
 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000