Folhapress
@otempo
31/05/21
11h16

Nova mudança

Conmebol anuncia Copa América no Brasil

Informação foi publicada na manhã desta segunda-feira pela entidade que comanda o futebol sul-americano

Tite conquistou seu primeiro título com a seleção brasileira — Foto: Raul ARBOLEDA / AFP
Folhapress | @otempo
31/05/21 - 11h16

 Em reunião na manhã desta segunda-feira (31), a Conmebol avaliou propostas e definiu Brasil como nova sede do torneio.

O anúncio foi feito após encontro do conselho da entidade, no Paraguai. No noite do domingo (30), a Argentina abriu mão de sediar o torneio em razão do recrudescimento da pandemia de Covid-19 no país.

A mudança na sede não foi o primeiro obstáculo para esta edição do torneio. Inicialmente, a competição estava prevista para acontecer tanto na Argentina quanto na Colômbia.

As coisas começaram a degringolar no último dia 20 de maio, quando a entidade anunciou a retirada da Colômbia como sede. A seleção brasileira, inclusive, faria sua estreia na Copa América contra a Venezuela, em solo colombiano, no dia 14.

A Conmebol, no último dia 20, chegou à conclusão de que o país, agitado por protestos sociais, não reunia condições de receber as partidas do torneio. A decisão foi anunciada um dia depois de uma grande manifestação contrária à Copa América, em Bogotá.

"Se não há paz, não há futebol", dizia a frase exibida em cartazes e também pichada nas paredes do estádio El Campín, um dos campos que receberia jogos do torneio. A Colômbia vive um ambiente de acentuada tensão social, com protestos contra uma reforma tributária proposta pelo governo.

A repressão policial teve momentos pesados, e os conflitos resultaram em dezenas de mortos. Dez dias após a retirada da Colômbia como sede, foi a vez da Argentina. O governo argentino se adiantou ao comunicado oficial da entidade sobre a não realização da competição em seu território.

O ministro do Interior da Argentina, Wado de Pedro, afirmou que o país deixaria de ser a sede do torneio devido à situação da pandemia. "Estamos muito preocupados não apenas com Buenos Aires, mas com as outras capitais que seriam sede do torneio e que estão com uma situação epidemiológica complicada."
Após o anúncio da suspensão, no domingo, a Conmebol afirmou que analisaria as ofertas de outras sedes possíveis.

Os Estados Unidos eram vistos como uma alternativa, mas foram descartados por questões logísticas. Não haveria tempo de expedir vistos para todas as delegações. Ainda existiria problemas por causa da situação da pandemia em território sul-americano. No país da América do Norte, cerca de 40% da população já está imunizada, um enorme contraste com os países ao Sul.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000