FOLHAPRESS
25/07/21
20h09

5 a 1

Técnico do São Paulo disse que goleada do Flamengo foi 'difícil de engolir'

Hernán Crespo disse que atuação 'extraordinária' de Bruno Henrique foi fundamental no revés histórico. Renato Gaúcho detona gramado do Maracanã

Clube venceu a partida por 5 a 1 e se recupera após início turbulento na competição — Foto: @AlexandreVidal1 e @mcortesdasilva8/CRF/Reprodução Twitter Flamengo
FOLHAPRESS
25/07/21 - 20h09

O técnico Hernán Crespo considerou que o São Paulo teve dois momentos na partida. Até os 25 minutos do segundo tempo, o time mostrou futebol necessário para vencer o Flamengo. Depois disso, no entanto, uma atuação “extraordinária” de Bruno Henrique, como definiu, foi fundamental para dar aos cariocas uma goleada de 5 a 1, “difícil de digerir”.

“Acredito que o resultado não retrata corretamente o que foi o jogo, mas damos parabéns ao Flamengo, ao Renato e seus atletas. O resultado foi maior pela atuação extraordinária de Bruno Henrique. Acredito que podemos melhorar em vários aspectos, mas tivemos chances de empatar e até vencer o jogo. Mas acontecem coisas extraordinárias, como a atuação de Bruno Henrique”, afirmou, em entrevista coletiva.

A goleada deixou o São Paulo em uma situação complicada no Brasileirão. Com apenas 11 pontos em 13 jogos, a equipe pode voltar para a zona de rebaixamento caso o Sport empate com o Ceará hoje, às 20h30 (de Brasília).

“Estamos fazendo um caminho difícil de reconstrução do São Paulo. Estamos fazendo coisas importantes e coisas que talvez não aconteçam como a gente queria. Foi um resultado difícil de digerir. Ainda acho que até os 25 minutos do segundo tempo, o São Paulo fez um ótimo jogo, mas tudo aconteceu rapidamente. Teremos ainda chances de sair dessa situação incômoda que assola a gente”, prosseguiu.

O próximo compromisso do São Paulo será contra o Vasco, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. A partida está marcada para quarta-feira (28), às 21h30 (de Brasília).

Renato Gaúcho elogia goleada e detona gramado do Maracanã

Após a goleada do Flamengo por 5 a 1 sobre o São Paulo, Renato Gaúcho, técnico do Flamengo, exaltou o poder de reação da equipe, que buscou a reação na partida.

O treinador ressaltou os méritos na atuação, mas também detonou o gramado do Maracanã, que estava em estado ruim no jogo diante do Tricolor paulista.

“A gente procura trabalhar para jogar bem. Tenho gostado da equipe. Comigo vai ter [jogo ofensivo], não gosto de perder nem par ou ímpar. Maior forma de respeitar o adversário é fazer gols e não menosprezar. Os adversários também gostam do campo bom, isso dificulta para todo mundo. Os responsáveis têm de tomar providências, o Maracanã parou para a final da Copa América e já está dessa maneira. Criticar os gramados é chover no molhado”, disse ele.

Após quatro jogos no comando, Renato soma vitórias em todos os jogos, 15 gols marcados e dois sofridos. O comandante, no entanto, faz um alerta e afirma que o Fla vai patinar em algum momento: “O Flamengo não vai só golear. Daqui a pouco vai ser 1 a 0, vão ter empates, derrotas, mas a gente sempre trabalha para vencer. Não é assim. Estamos aproveitando as oportunidades, o importante é o Flamengo vencer. O 1 a 0 também é goleada, o torcedor entende isso. Vitórias são vitórias.”

Na próxima quinta, o Fla volta suas atenções para a Copa do Brasil e visita om ABC, 20h, no Maracanã.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000