Inovação

Cupcake de cachaça é aposta de empreendedora de Belo Horizonte

Bolinho da Deli Chat pode ser encontrado no Cidade Junina e, em breve, na Expocachaça


Publicado em 01 de julho de 2023 | 09:00
 
 
 

Bolo de paçoca com cachaça de cravo e canela, geleia de laranja e cobertura de doce de leite: esta gostosa invencionice é só uma das opções da coleção “Bô-di-có”, da Deli Chat, um bolo de copo batizado com este nome em brincadeira com o termo em inglês “cupcake”. A invenção é da empreendedora Regina Sugayama, de 51 anos, responsável pela marca.

Sugayama é uma das expositoras do Cidade Junina, evento típico de São João realizado no Mirante Olhos D´Água, em Belo Horizonte, que começou em junho e se estende até o dia 23 de julho. Foi por lá que ela teve a ideia da criação, quando percebeu que poderia servir algo mais “divertido” para a clientela mais jovem, dos sábados à noite. 

“Ninguém usa cachaça nas sobremesas. Usa-se muito conhaque, vinho do porto… Ela é quase menosprezada. Então, chamei a Joelma, da Dama da Noite, que tem uma linha de coquetelaria voltada para a bebida. E aí começamos a brincar com as receitas”, conta Sugayama. 

Depois que a cachaça foi acrescentada à receita, as vendas aumentaram em dez vezes em um dia. Os bolinhos são vendidos por R$ 16 cada e são feitos na hora, saindo quentinhos para os clientes. Cada unidade vai meia dose de cachaça, mas, se dependesse dos pedidos da clientela, Sugayama colocaria o copo cheio. 

Para a receita dos “Bô-di-có”, Sugayama prioriza ingredientes artesanais mineiros. Há uma versão de broa de fubá, com queijo Mantiqueira de Minas, recheado com cachaça prata e geleia de goiaba com cobertura de queijo minas artesanal. “Uso, por exemplo a paçoca Serra Negra. Valorizo os pequenos produtores de Minas”, ressalva Sugayama. 

Estresse no trabalho levou à criação da confeitaria

A empreendedora, que é bióloga e tem doutorado em genética, prestava consultoria até meados de 2018, quando resolveu largar a carreira e se lançar no universo da confeitaria em meados de 2019, após passar por crises de estresse no trabalho. O hobbie de fazer geleias virou sua renda principal. “A qualidade de vida de hoje não tem comparação. Eu vivia para resolver problema alheio. Hoje, vivo para deixar as pessoas mais felizes”, diz.

A Deli Chat começou com quatro sabores de geleia e chegou a mais de quarenta. Atualmente, os produtos são vendidos em todo o país. Os bolinhos de cachaça da Deli Chat também estarão presentes na Expocachaça, que começa dia 6 na Serraria Souza Pinto, no centro da capital. 

Informações no instagram.com/Delichat.oficial/ e em www.delichat.com.br.

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!