Compra de presentes

Dia dos Pais: comércio e shoppings de BH devem ter lojas cheias no fim de semana

Pesquisa mostra que sete em cada dez consumidores vão comprar o presente na última hora


Publicado em 12 de agosto de 2023 | 08:00
 
 
 

O comércio de rua e os shoppings de Belo Horizonte devem ter um fim de semana com movimento intenso. Segundo uma pesquisa conjunta feita pelo site Reclame Aqui e pela Linx, empresa de tecnologia para o varejo, 78% dos consumidores brasileiros que desejam comprar o presente do Dia dos Pais vão às lojas na véspera da data, comemorada neste domingo (13). 

Alguns shoppings estão com promoções especiais até domingo. No Del Rey, a cada R$ 400 em compras o cliente ganha um cupom para concorrer a cinco motos elétricas. No BH Shopping, os consumidores que gastarem R$ 500 ganham uma garrafa de vinho e um número para concorrer a um Ford Maverick.

Já no Boulevard Shopping, a pessoa ganha um kit de cervejas Baden Baden a cada R$ 450 em compras e ainda entra num sorteio de dez cervejeiras. No Pátio Savassi, o filho que gastar R$ 500 no presente do pai ganha um decanter  (garrafa especial) para vinho e vai concorrer a uma viagem para a Itália. Os shoppings vão funcionar de 10h às 22h neste sábado e de 12h às 20h no domingo.

As lojas do comércio de rua da capital mineira também esperam bastante movimento neste fim de semana. Segundo uma pesquisa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), 89% dos consumidores da cidade pretendem homenagear os pais com um presente especial no domingo. O levantamento foi feito com 200 pessoas. 

“O Dia dos Pais vem se fortalecendo comercialmente a cada ano. Os filhos estão motivados a presentear, especialmente após os dois anos de isolamento social. Esse sentimento aquece o comércio e inicia o segundo semestre com mais fôlego”, analisa o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva. 

Segundo a CDL/BH, os consumidores pretendem comprar um presente de R$ 123, em média. Comparado ao mesmo período do ano passado, esse valor sofreu uma redução de 1,4%, considerando que o tíquete médio foi de R$ 125. 

Itens de maior procura

De acordo com os entrevistados na pesquisa da CDL/BH, os presentes que devem liderar a lista são:

  • Roupas: 58,1%
  • Calçados: 27,9%
  • Cosméticos: 18,4%
  • Bebidas: 11,7%
  • Acessórios (relógios, óculos de sol, entre outros): 11,2%
  • Malas ou mochilas: 3,9%
  • Guloseimas: 2,8%
  • Aparelhos eletrônicos: 2,8%

O valor médio dos quatro itens de maior saída são de R$ 104,36 para roupas; R$ 128,50 para calçados; R$ 150,75 para cosméticos e R$ 120,23 para bebidas. 

Lojas físicas lideram local de compra em BH

Ao serem questionados sobre onde pretendem realizar as compras, 70,4% dos entrevistados afirmaram que irão às lojas físicas. Foram mencionados os seguintes tipos de estabelecimentos: lojas de rua (38%); shopping center (28,5%); internet (24%) e pequenos autônomos (3,9%).

 Em relação à preferência pelo comércio de rua (38%), o índice é 41,6% maior que o do ano passado, quando 22% dos consumidores disseram que iriam comprar nos estabelecimentos físicos. 

Ainda dá tempo de comprar pela internet?

Como faltam apenas 24 horas para o Dia dos Pais, a maioria das lojas não vai conseguir entregar o presente a tempo caso a compra seja feita neste sábado (12). Mas algumas ainda conseguem, como as de cestas especiais de presente. Há muitas opções no Instagram e nas outras redes sociais.

Uma dica para quem deixou tudo para a última hora e não quer sair de casa para fazer a compra é procurar algo em aplicativos como o IFood, que entrega no mesmo dia. Lá é possível comprar bebidas como vinhos, por exemplo. 

Formas de pagamento

Segundo a pesquisa da CDL/BH, a maioria dos consumidores (78,8%) irá optar pelo pagamento à vista, um crescimento de 7,9% em comparação à data do último ano, que registrou 73%. Dentro da modalidade à vista, foram citadas as seguintes formas: cartão de débito (27,4%); parcela única no cartão de crédito (22,3%); PIX (16,8%) e dinheiro (11,7%).

 O pagamento parcelado deverá ser a escolha de 21,2%, dividindo-se em parcelamento no cartão de crédito (20,1%) e crediário (1,1%), com uma média de três parcelas. 

“Dentre as formas de pagamento disponíveis no mercado, o PIX é o que vem apresentando maior crescimento. No Dia dos Pais de 2022, por exemplo, ele foi a escolha de 8% dos consumidores. Neste ano, sua utilização prevista para a data mais que dobrou. Isso mostra a necessidade dos comerciantes se adaptarem aos novos hábitos de compra. Quem não estiver aberto a mudanças, perderá competitividade a médio e longo prazo”, alerta o presidente da CDL/BH. 

Churrasco para celebrar a data

Em comemoração ao Dia dos Pais, 76,9% dos entrevistados disseram que irão fazer um churrasco ou refeição especial em casa. Já 15,4% vão a algum bar ou restaurante; 3,8% pretendem fazer um passeio pela cidade; 3,1% irão comemorar em sítio e 0,8% deve ir ao cinema ou teatro. 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!