“Love School”

Bispo diz para mulheres se calarem em programa de TV

Renato Cardoso dá tom machista a caso de violência

Qua, 12/07/17 - 03h00
Comentários foram mal recebidos nas redes sociais

A história mostrada pelo programa “The Love School – A Escola do Amor”, da Record TV, no último sábado, em que um casal relata uma história de violência doméstica, não chamou a atenção somente pela peculiaridade dos personagens. Após a entrevista dos envolvidos, o apresentador do programa, bispo Renato Cardoso, sugeriu que as vítimas de crime também têm culpa por não “controlarem a língua”.

Foi só a declaração ser veiculada para que o vídeo tomasse conta das redes sociais. Na internet, há defensores e críticos de Cardoso, que apresenta o programa junto com a companheira, Cristiane Cardoso, filha do bispo Edir Macedo, presidente da Record TV.

“Homem leva a fama de covarde quando bate em mulher. Nunca há desculpa. Porém, o que quase ninguém fala, um erro tão sério quanto o dele, por anos e anos, a mulher não sabia controlar a língua”, comentou o bispo, logo após a exibição da entrevista. Na história mostrada pelo programa, um homem, acompanhado da esposa, conta que chegou a agredi-la por 20 minutos após uma discussão verbal. “Mulher, preste atenção, cale a boca. Se você não vai acrescentar nada nem levantar a moral dele, cala a sua boquinha”, completou.

Apesar das falas, o bispo diz que “nada justifica a violência contra a mulher” e orienta as telespectadoras a denunciarem esse tipo de crime.

Legitimada. Para a psicóloga Maria da Penha Diniz Rocha, do Movimento Contra a Violência das Mulheres, o depoimento de Cardoso soa como machista pelos argumentos usados como motivos para a agressão. “Independentemente da situação, a vítima não pode ser culpabilizada pelo que sofre”, comentou. Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) no ano passado, 126.710 ocorrências de violência doméstica foram registradas em Minas Gerais. Isso significa que, por hora, 14 mulheres foram vítimas de violência psicológica, física, moral, sexual ou patrimonial. Porém, o número de mortes de mulheres por violência doméstica caiu 16,27% no Estado, em 2016.

(31) comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
O Macaco 7:50 PM Jul 12, 2017
Pela iurd a mulher deve ser submissa ao marido. Basta observar qualquer culto dessa igreja para vermos como machista é sua composição, só homens tem vez na igreja universal, mulher só serve pra posar ao lado dos maridos abençoados por Deus...
3
Denunciar

sergio sampaio 4:15 PM Jul 12, 2017
Por que será que os países com maiores índices de escolaridade são aqueles onde a religião é cada vez menos influente?
5
Denunciar

Marcio Diniz 3:04 PM Jul 12, 2017
Bispo de M.....
5
Denunciar

Fernando Fulgêncio 1:41 PM Jul 12, 2017
Que a bíblia diz que a mulher deve ser submissa ao homem e permanecer calada, isso diz e explicitamente. Isso e mais um monte de outros absurdos machistas, homofóbicos e violentos. É exatamente por isso que não podemos permitir que o Brasil se transforme numa teocracia cristã (o que está acontecendo, e a passos largos). Estamos em 2017, pessoal. Precisamos evoluir. Aplicar na nossa sociedade crenças arcaicas e regras escritas por gente da idade do bronze não dá.
11
Denunciar

Luiz Henrique 12:03 PM Jul 12, 2017
crentes, vocês são uma espécie burra. Dinheiro pro bispo desfilar de Mercedes e jatinho.Amém seus putos?
12
Denunciar

FGS 7:51 PM Jul 12, 2017
Pelo seu comentário estúpido, acho que o maior burro é você.
12
Denunciar

Felipe Tolentin Dias 11:42 AM Jul 12, 2017
Quanta asneira e feministo nos comentários. Não sou fã da Record e muito menos da IURD, mas o Bispo não falou nada demais. É verdade que pode-se piorar qualquer situação sendo um(a) babaca e caçando confusão com as palavras. A recomendação dele vale tanto para o homem quanto para a mulher, dentro e fora de casa. Esse bonde dos ofendidinhos aí é o mesmo que acha que rico não quer ver pobre andando de avião. Hipócritas safados, veem nos outros a própria nudez e preconceitos.
33
Denunciar

Alberto 11:12 AM Jul 12, 2017
Faço parte de uma igreja evangélica e concordo com o bispo. O mundo precisa saber quem comanda. Patrão é patrão e empregado é empregado. Marido é marido e mulher é mulher...simples assim!!!
148
Denunciar

antonio sabata 9:40 PM Jul 12, 2017
no caso como vc comanda come filé mignon,e os fieis carne de segunda,mora numa casa grande e bela e os fieis na favela,anda de carro do ano e os fieis vai de onibus ou a pé,ainda bem que nao frequento estas seitas.
148
Denunciar

Alberto 2:26 PM Jul 12, 2017
Não sou comandado..Eu comando!! Por isso saí vitorioso na reforma trabalhista de ontem...
148
Denunciar

Delso 12:25 PM Jul 12, 2017
e você um comandado. Simples assim.
148
Denunciar

Luiz Henrique 11:57 AM Jul 12, 2017
Alberto, que pena que você não segue a Constituição da República, que diz que não há distinção em relação a sexo. O bispo sabe mais que Jesus? Amém?
148
Denunciar

Alexander 10:49 AM Jul 12, 2017
Está corretíssimo. A bíblia manda a mulher calar a boca e ser submissa ao homem.
121
Denunciar

antonio sabata 9:41 PM Jul 12, 2017
entao porque vc nao segue o alcorao é a bíblia tambem.
121
Denunciar

sergio sampaio 10:27 AM Jul 12, 2017
Lendo esse texto e vendo os comentários defendendo o bispo não tem como não pensar que o Brasil merece ser subdesenvolvido.
33
Denunciar

Wilton Grego 10:02 AM Jul 12, 2017
Realmente. Ninguém ganha de uma mulher numa discussão.Daí, infelizmente, parte para agressão.
42
Denunciar

Piloto Foda 10:00 AM Jul 12, 2017
Mulher é o seguinte: Quer aposentar com 5 anos a menos, quer pagar menos na balada, quer ser protegida por lei que não protege ninguém. Quer direitos, quer metade do patrimônio, quer ser o sexo frágil, quer pensão, quer um bom marido, quer que os homens participem da sua vida, quer que eles a acompanhem em tudo, acham que podem agredir verbalmente e está tudo bem. Mulher não quer trabalhar igual ao homem, não quer bater laje, bater marreta, carregar saco de cimento, não quer pagar o mesmo valor na balada, não quer pagar as contas, não quer ficar sem seus benefícios. (... o artigo 5º da constituição diz: Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;...) Se todos somos iguais, porquê quer ser tratada de maneira diferente?.. #ficaadica #igualdadetotal #direitosedeveres #homememulher
68
Denunciar

José Carlos Patriota 9:40 AM Jul 12, 2017
Tenho pena do povo brasileiro. De baixa escolaridade e sem conhecer outras culturas acreditam nesses hipocritas. Acreditam que a vida desgracada é difícil dos brasileiros, sem educação, moradias adequadas, saneamento, transporte eficiente, saúde, segurança e desemprego é culpa do Diabo. Acreditam no intangível é invisível. Não sabem que religiões são histórias e cada uma conta e interpreta a Bíblia conforme seus interesses do maldito dinheiro, dinheiro, dinheiro. Essa igreja representa o ESTADO ISLÂMICO, mas, somente em países pobres. Nos ricos são fiscalizadas, pagam impostos e seus membros são brasileiros ou hispânicos.
13
Denunciar

antonio sabata 9:43 PM Jul 12, 2017
se depender de mim nunca,meu voto e da minha familia sempre BOLSONARO 2018.
13
Denunciar

Verdade 7:59 PM Jul 12, 2017
Eu tenho pena dos "inteligentes" preconceituosos que destilam sua amargura em cada comentário. Nivelam todos os praticantes de uma religião como se todos pensassem ou dissessem que todos os problemas são culpa do diabo (de propósito com letra minúscula).
13
Denunciar

Alexander 3:02 PM Jul 12, 2017
"Ainda teremos um presidente evangélico que lutará por nossos interesses" (Prefeito Bispo Marcelo Crivela). Eles querem transformar o Brasil em um Afecrentestão.
13
Denunciar

Fernando Cruz 9:36 AM Jul 12, 2017
Às vezes, o cara ta tenso, nervoso e a companheira acaba piorando... aí acontece o pior. Mulheres, sejam sábias! Quando verem a dificuldade e a tensão, ao invés de querer terem a razão, procurem encerrar o embate, e depois com calma conversem! Homem por natureza é bicho hostil e nem todos compreendem as mudanças à sua volta, portanto, prudencia e discernimento!
39
Denunciar

Richard Melo 9:21 AM Jul 12, 2017
Já viram o vídeo de uma mulher agredindo verbalmente e quase fisicamente um guarda municipal? Imagino que muito disso ocorre nos lares, mas as feministas de plantão gostam de esconder esse fato. Parabéns ao Bispo por meter o dedo na ferida. A paz no lar depende de todos !!
40
Denunciar

Geral Dino 9:08 AM Jul 12, 2017
O bispo não disse nada errado. Boa parte das mulheres de hoje acham que podem xingar, humilhar e gritar com qualquer homem pois elas são seres superiores super protegidos, vítimas da sociedade patriarcal, portanto estão sempre certas. Já cansei de ver mulher acabando com o marido e ele não pode nem levantar o dedo que vira agressão. O que vai acontecer no Brasil é o que já está acontecendo na Europa e América do Norte, os divórcios aumentando exponencialmente e os homens mais novos fugindo de casamentos e relacionamentos sérios, porque sabem que vão sempre se dar mal mesmo agindo corretamente.
31
Denunciar

Thiago Pinheiro 8:35 AM Jul 12, 2017
Não sou evangélico, mas essa matéria foi parcial e caça clique. Por acaso assisti esse programa, e a própria mulher que sofreu a violência admitiu que fazia uma "tortura" psicológico com o homem, e que mesmo quando ele estava fora de si ela continuava o provocando. AINDA ASSIM NADA JUSTIFICA A AGRESSÃO, E O APRESENTADOR FALOU ISSO. O que ele disse é que algumas vezes a mulher tem participação no que aconteceu sim. A atitude correta do cara deveria ser deixá-la, já que ela fazia da vida dele um inferno (como ela própria admitiu no programa). Ele não era um pinguço que a agrediu por nada, foi uma vez, e ela teve culpa sim, EMBORA NÃO JUSTIFIQUE, pois ela o provocou até chegar nesse ponto.
23
Denunciar

Alexander 8:20 AM Jul 12, 2017
Eu assisti a esse programa ao lado da minha esposa, e ela não se ofendeu com a declaração do Renato Cardoso. Ele disse para as mulheres ficarem caladas para evitar a discussão e que muitas vezes as mulheres também fazem violência psicológica. E o homem a agride fisicamente. E também o Renato pediu para as mulheres não se calarem com essa violência.
93
Denunciar

Delso 9:48 AM Jul 12, 2017
Não se ofendeu porque deve apanhar calada. E lá estava a filha do DONO DA RECORD para ratificar o que o marido disse: Calem as bocas. Claro que ela tem que ter essa postura, afinal de contas de onde sai o salário dela?
93
Denunciar

Alexander 8:18 AM Jul 12, 2017
Eu assisti a esse programa ao lado da minha esposa, e ela não se ofendeu com a declaração do Renato Cardoso. Ele disse para as mulheres ficarem caladas para evitar a discussão e que muitas vezes as mulheres também
69
Denunciar

antonio sabata 6:55 AM Jul 12, 2017
este bispo quer ver é dinheiro na conta dele e dane-se o resto.
21
Denunciar

House 5:44 AM Jul 12, 2017
a parte de defessa da mulher não conta também que na maioria das vezes elas provocam parte pra cima dos maridos isso as feministas não protestam porque vitimas é só as mulheres hoje se prega os direitos iguais mais que de igual não tem nada
70
Denunciar

Thiago Pinheiro 8:58 AM Jul 12, 2017
maioria das vezes você já tá é falando merda
70
Denunciar

LEIA MAIS
Decidido
Surto
Beleza natural
Luto
Fique atento
Belo Horizonte
Decisão
Danos morais
Balanço
Balanço
Leia mais