PREVENÇÃO

Guarda Municipal fará ação contra importunação sexual no Mineirão

Campanha educativa vai acontecer antes da partida entre Atlético x Fluminense, neste domingo

Sáb, 27/11/21 - 20h03
Atlético x Fluminense se enfrentam no gigante da Pampulha, às 16h

A Guarda Municipal de Belo Horizonte vai realizar, neste domingo (28), ação de conscientização nos arredores do Mineirão sobre a campanha “Todos contra a importunação sexual”. O trabalho vai orientar a quem for ao estádio assistir à partida entre Atlético x Fluminense, marcada para 16h, sobre como agir em episódios de importunação sexual. 

Segundo a prefeitura de BH, serão entregues panfletos durante as abordagens educativas. O público-alvo da ação será mulheres.  A medida já havia sido feita na partida entre Cruzeiro x Náutico, na última quinta-feira (25).

A campanha “Todos contra a importunação sexual” tem a participação de Atlético, Cruzeiro e América, da Guarda Municipal, das polícias Civil e Militar de Minas, do Tribunal de Justiça (TJMG), do Ministério Público (MPMG), do Governo de Minas e do Instituto Galo. 

O movimento foi criado após torcedoras denunciarem casos de assédio no Mineirão durante jogos do Atlético, conforme OTempo noticiou. As abordagens educativas ao público serão coordenadas pelo Grupo de Combate à Importunação Sexual, instituído em 2018 na Guarda Municipal da capital.

Desde a criação, o grupo já realizou mais de 230 ações de conscientização em coletivos e equipamentos públicos. Desde 2018, foram registradas 94 ocorrências que resultaram na condução dos abusadores à Delegacia de Mulheres.

'Repúdio'

O Mineirão informou, via assessoria de comunicação, que repudia "qualquer ato de importunação sexual e de violência de gênero, raça ou cor". O estádio também reforçou que contribui com as autoridades na apuração das denúncias.

Em nota enviada à reportagem, o Mineirão ainda destacou que já adota medidas como o lançamento da campanha "Todos contra a Importunação Sexual", inclusive, com exibição de vídeos de uma campanha da Defensoria Pública de Minas Gerias no telão e nas televisões do estádio para incentivar o enfrentamento à violência contra as mulheres.

O estádio ainda informou que quando casos de assédio acontecem durante os eventos esportivos, as ações "são para minimizar todos  os impactos causados na vítima e direcioná-las da maneira mais adequada. O objetivo é melhorar as ações por meio de um trabalho interdisciplinar com os diversos atores da sociedade, cada qual com a sua competência".

 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

(4) comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
O Falso Moralista 12:59 PM Nov 28, 2021
dinheiro do pagador de imposto indo pro ralo com a "guarda municipal" que quer fazer de tudo, menos cuidar do patrimônio, conforme manda a Constituição Federal... Lamentável
0
Denunciar

PODE ESTO ARNALDO 9:44 AM Nov 28, 2021
Escola cemitério esta sem segurança pela extinção da GM $$$$$$$$$$$$$$$$$$ joga fora dos contribuintes trouxas
2
Denunciar

LEIA MAIS
resgate
Incendiário
rodovias
CRISE
Atenção
Levantamento
alívio
Extensão de prazo
Trânsito lento
Boletim