Sete Lagoas

Pai de santo é condenado a 27 anos por matar rapaz em ritual de magia negra

Ao ser preso, o autor admitiu para a polícia que se apaixonou pela vítima e não era correspondido

Sáb, 30/03/19 - 20h34
Rodrigo Fulgêncio de Freitas, de 26 anos, foi morto a facadas e enterrado nos fundos do terreiro do Pai de Santo; o corpo foi encontrado um mês depois

O pai de santo Helson Dias Ribeiro, conhecido como “Pai Helsinho”, 52, foi condenado a 27 anos e dez meses de prisão pela morte e ocultação de cadáver de Rodrigo Fulgêncio de Freitas, 26. O julgamento, que começou às 9h de quinta-feira e terminou às 3h15 da madrugada de sexta, foi no fórum de Sete Lagoas, na região Central de Minas, onde ocorreu o crime em abril do ano passado.

Rodrigo Fulgêncio de Freitas, 26, que foi degolado e enterrado em um matagal nos fundos da Associação Espírita Cultural Ilê de Xangô, de propriedade do Pai Elcinho, em abril do ano passado, no bairro São Geraldo, naquela cidade. A suspeita é que a vítima tenha sido morta em um ritual de magia negra.

Ritual

“Quando o menor de 15 anos foi mostrar onde estava o corpo, ele também mostrou a bacia usada para colher o sangue do meu sobrinho. Rodrigo foi degolado. Cortaram o pescoço dele na altura da jugular e ainda esfacelaram a cabeça dele. Partiram o crânio dele”, conta o tio da vítima, um advogado de 46 anos que pediu para não ser identificado.

O tio conta que o sobrinho tinha acabado de se separar da mulher e havia se mudado do centro de Sete Lagoas para o bairro São Geraldo, onde conheceu o pai de santo e os adolescentes.

“Os menores moravam com o pai de santo. Conheceram o meu sobrinho numa sexta-feira e o mataram no sábado da outra semana. O Rodrigo trabalhava comigo na minha loja, como montador de móveis, e ele me mandou uma foto pelo WhatsApp falando que tinha conhecido o pai de santo, que ele era gente boa e que estava em um churrasco na casa dele. Disse que o pai de santo havia prometido um trabalho para que ele recuperasse a família. Meu sobrinho deixou uma filha recém-nascida, que fez 1 ano agora em fevereiro, e outra de 6 anos”, conta o tio.

“Eu até perguntei para ele quem era a pessoa da foto, se ela mexia com macumba”, comentou.

Em depoimento à polícia, o adolescente de 16 anos contou que na noite do crime estava com o outro adolescente de 15 anos, Rodrigo e o pai de santo no cômodo onde eram feitos os atendimentos do centro espírita.

“O garoto de 16 anos contou à polícia que o pai de santo havia comentado que queria sangue para fazer um trabalho. Disse que foi dormir em outro cômodo da casa e que deixou os três no terreiro. Contou que foi acordado pelo pai de santo no dia seguinte, para que ajudasse o outro menor a enterrar o corpo”, contou o tio da vítima.

Apaixonado

Ao ser preso, o pai de santo admitiu para a polícia que se apaixonou por Rodrigo e não era correspondido. Pai Helsinho, que já se candidatou por duas vezes a vereador, em Sete Lagoas, e não foi eleito, está preso desde 11 de abril do ano passado e deverá recorrer da sentença na prisão. Ele mantinha relações com o garoto de 15 anos que participou do crime.

(10) comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
cleiton anderson 10:55 PM Sep 26, 2019
E o engraçado é que esses pais e mãe de santo teima em insistir que não acontece sacrifícios humanos nessas afro religiões só que direto aparece noticias de pessoas sendo sacrificadas,isso sem falar doo tanto de crianças que desaparece sem deixar rastros todos os anos Brasil a fora e mais nunca são encontradas
2
Denunciar

Clsilva 8:39 AM Apr 01, 2019
Isso aí!O Estado tem que tolerar essas minorias,são seitas religiosas que não prestam nenhum serviço à sociedade,a justiça deveria proibir esta prática no Brasil.Trazer família de volta,como tem trouxa.
7
Denunciar

Daniel Filho 6:03 AM Apr 01, 2019
Esse e o terceiro caso que ocorre nessa ciadade, tinha que acabar com esses terreiro tudo!!, vão fazer macumba no inferno que o lugar de vocês!!.
7
Denunciar

cleiton anderson 10:58 PM Sep 26, 2019
Verdade mesmo já passou da hora de proibir essa imundície aqui no Brasil,é nesses terreiros imundos que vai parar a maioria dessas crianças que desaparece aos milhares todos os anos e mais nunca são encontradas
7
Denunciar

Daniel Filho 6:02 AM Apr 01, 2019
Etá cidadezinha que virou um pandemônio nos últimos tempos, cidade cheia de bandido, drogados, prefeito entregando o cargo por improbidade administrativa. Na década de 80 e 90 Sete Lagoas era considerada uma das mais belas de MG, hoje não passa de uma cracolândia em forma de cidade.
0
Denunciar

Leandro Almeida 1:43 AM Apr 01, 2019
Invés.mostrarem a cara do assassino, expõem é a vitima!
1
Denunciar

Fabão 3:52 PM Mar 31, 2019
Será que os pais desse adolescente de 15 anos sabiam da relação desse menino com esse maconheiro, gay, pedófilo e assassino? Agora na cadeia vai ter diversão a vontade, embora eu presumo que detentos não devem gostar muito de bicha velha.
6
Denunciar

Fabão 3:56 PM Mar 31, 2019
Corrigindo: não é MACONHEIRO, é MACUMBEIRO. Culpa do corretor automático.
6
Denunciar

LUCAS 9:35 AM Mar 31, 2019
Prototipo de viado: Doente e psicopata. Vai contar como homofobia?????
7
Denunciar

cleiton anderson 11:11 PM Sep 26, 2019
Ele só falou isso de esta apaixonado pra desviar a atenção da policia e da sociedade de cima dessa questão dos sacrifícios de seres humanos que é praticado pelas afro religiões,e por medo de sofrer represálias dos outros pais e mães de santo por ter chamado essa atenção indesejada pra cima de todos eles
7
Denunciar

LEIA MAIS
Veja o vídeo
Região metropolitana
Interditado
Regras e protocolos
Bairro Ouro Preto
Sul de Minas
Perto de presídio
Região Noroeste de BH
Coronavírus
RMBH