DIREÇÃO DEFENSIVA

'Dirija como uma mulher': França lança campanha para homens serem cuidadosos no trânsito como elas 

Objetivo de reduzir as mortes por acidentes; segundo dados oficiais, os homens causaram nove de cada dez acidentes fatais no país

Por O Tempo
Publicado em 13 de maio de 2024 | 12:27
 
 
 

Uma associação francesa de segurança nas estradas anunciou nesta segunda-feira (13) o lançamento de uma campanha na qual incentiva os homens a dirigirem como as mulheres, com o objetivo de reduzir as mortes por acidentes de trânsito. Segunda a associação Victimes et Citoyens (vítimas e cidadãos), os anúncios com o lema "Dirija como uma mulher" pretendem mudar o estereótipo de que os homens guiam melhor que as mulheres.

"Uma olhada nos dados nos diz que isso não está correto", afirma o comunicado. Segundo dados oficiais sobre segurança rodoviária, os homens causaram quase nove de cada dez acidentes fatais de trânsito na França. De acordo com informações do Observatório Nacional Interministerial de Segurança Rodoviária 2022-2023, citados pelo jornal francês Le Figaro, 93% dos condutores alcoolizados envolvidos em acidentes e 88% dos jovens condutores mortos são homens.

Segundo estimativas do ONISR, 3.170 pessoas perderam a vida nas estradas da França em 2023. Neste ano, os dados consolidados até o mês de março indicam que a morte de 254 pessoas, um aumento de 31% em relação ao mesmo período do ano passado.

A associação, que atende feridos em acidentes e organiza campanhas de conscientização, disse esperar uma mudança na "mentalidade dos homens e, portanto, em seu comportamento".
"Dirigir como uma mulher significa apenas uma coisa: continuar com vida", afirma a campanha publicitária, divulgada principalmente em estações de metrô e na internet.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!